A pascoa está chegando e com ela vem a oportunidade fazer uma renda extra. Por isso, se você possui dotes culinários e quer ganhar um dinheiro nessa época do ano, vem a com a gente e veja dicas de como vender ovos de páscoa.

Mesmo que as vendas de chocolates tenham recuado na páscoa de 2020, principalmente por conta da pandemia, o mercado ainda oferece grandes oportunidades financeiras para o setor.

Afinal, a páscoa movimenta mais de R$ 1 bilhão de reais na economia do país. Portanto, organize-se, veja como vender ovos de páscoa e não fique fora dessa!

Elaboramos um material com as principais dicas sobre o tema. Vem com a gente!

10 Dicas para vender ovos de páscoa

Se você pretende começar a vender ovos de páscoa para fazer uma renda extra, precisa dominar alguns pontos principais antes de sair colocando a mão na massa.

Para te ajudar com as principais questões que envolvem essa data tão importante para o comércio brasileiro, confira algumas dicas para tirar seu projeto do papel e fazer uma renda extra na páscoa.

Defina seu público-alvo e entenda o Mercado

Para ter sucesso na venda de ovos de páscoa, é essencial entender o público que você pretende vender os produtos. Dessa forma, as energias são direcionadas para as pessoas certas.

Por exemplo, se o seu objetivo é vender ovos de colher gourmet, não faz sentido divulgar seus produtos para um público que busca por ovos tradicionais que possuem brinquedos para crianças. Você estará investindo energia e recursos em um público diferente daquele que pode consumir seus produtos.

Mas como encontrar o seu público-alvo?

Para isso, é preciso entender o comportamento dos consumidores, quais são os clientes da sua concorrência direta (empresas que vendem produtos semelhantes aos seus), sua provável classe econômica (auxilia na definição do preço e posicionamento de marca), e o local onde realizará as vendas.

Existe alguma oportunidade no mercado que você pode atacar? O estilo dos seus ovos fazem sentido com o desejado pelo público? Quais os pontos positivos e negativos encontrados no mercado?

Uma boa observação de oportunidades pode ser o segredo para o sucesso. Busque oferecer serviços que não são encontrados na sua região. Assim, a concorrência direta já será bem menor.

Ofereça um diferencial

Ao realizar uma boa análise de mercado para definir seu público-alvo, você encontrará deficiências, ou melhor, oportunidades presentes para vender de ovos de páscoa.

Pode ser a grande procura por ovos de colher, o preço abusivo de ovos gourmet ou a falta de opções para ovos de páscoa infantis, por exemplo.

Se alguma constatação se encaixar ao estilo dos seus ovos de páscoa, foque as energias em oferecer produtos com os diferenciais carentes no mercado.

Ao fazer isso, você estará oferecendo diferenciais ao público, logo suas chances de sucesso nas vendas aumentam.

Confira abaixo nossa conversa com Daniel Roque, Diretor de Canais e Expansão na Cacau Show. Veja as dicas que ele dá para você ganhar dinheiro vendendo chocolate.

Estude – Cursos para fazer ovos de páscoa

Se preparar para vender ovos de páscoa é uma atividade que não requer grandes aportes financeiros, fator que facilita a vida do empreendedor na hora de fazer um dinheiro extra no curto prazo.

Justamente por isso, a concorrência para o mercado não para de crescer.

E o melhor jeito de se destacar nas vendas é buscando a capacitação e aprimoramento. Não tem segredo, ao realizar cursos e especializações você oferece cada vez mais produtos de qualidade aos clientes.

Como a produção de ovos de páscoa envolve uma variedade de estilos e sabores, separamos algumas opções de cursos para te ajudar nessa missão:

Compre os materiais necessários

Outra grande vantagem para produção de ovos de páscoa é o baixo investimento na compra de equipamentos, pois eles possuem, de modo geral, preços acessíveis.

Abaixo você confere uma lista com os principais itens que todo doceiro precisa ter para produzir e vender ovos de páscoa com qualidade:

  • Recipiente para derreter o chocolate – Pode ser uma panela ou tigela, utilizando o aquecimento por “banho maria”;
  • Utensílios gerais – Colher, espátulas, facas, potes, tigelas etc.;
  • Formas para ovo de páscoa – É importante comprar formas que contemplem diversos tamanhos de ovos. Deste modo, você oferece mais variedades aos clientes;
  • Termômetro e balança de pesagem;
  • Bicos e sacos para confeitar;
  • Itens de higiene – Avental, touca de cabelo, máscara e luvas.

Não deixe de pesquisar por fornecedores na internet, assim você pode economizar e muito na compra desses materiais essenciais para o chocolateiro.

Confira 10 Estratégias de Negociação para o MEI Aplicar com Fornecedores

Como vender ovos de páscoa – Faça um cardápio diversificado

Assim como os bolos e doces, para aumentar as chances vender ovos de páscoa, é necessário oferecer diversas opções de sabores e estilos de ovos, como ovos de colher, ovos trufados, ovos veganos e ovos fitness, por exemplo.

E essa definição envolve conhecer bem o público-alvo, pesquisar as tendências de mercado para o setor e trabalhar com ideias criativas que encantem o cliente.

Por isso, foque em entender quem são as pessoas que comprariam seus ovos e pesquise sabores e estilos que fazem sentido para elas.

Para complementar esse processo, busque criar um cardápio bonito e que possua informações claras sobre todos os produtos ofertados.

Quando um cardápio é bem feito, o cliente logo imagina que os ovos também sejam da mesma forma.

E para te ajudar a elaborar um material de qualidade, separamos alguns sites para fazer o seu cardápio online:

Qual o preço de um ovo de páscoa caseiro?

Na hora de precificar corretamente os ovos de páscoa produzidos, existem alguns fatores que precisam ser levados em conta.

Dentre eles, temos o custo com matéria-prima, com materiais e embalagens, aluguel, água, luz, gás, divulgação e o custo da mão de obra.

Quando falamos em custo da mão de obra, vai depender bastante dos cursos e especializações que o profissional realizou, assim como o público-alvo para venda.

É pouco eficaz querer vender um ovo de páscoa por R$ 100,00 para um público que ganha 1 salário mínimo ao mês, certo?

Por isso, antes de colocar um preço de venda nos seus ovos de páscoa, entenda para quem quer vendê-los.

Vamos fazer alguns cálculos genéricos de precificação, apenas para ilustrar melhor a situação:

Suponhamos que em uma produção foi gasto, por ovo:

  • R$ 10,00 de matéria-prima;
  • R$ 3,00 com materiais e embalagens;
  • R$ 5,00 com aluguel, água, luz e gás;
  • R$ 1,00 com divulgação;
  • R$ 5,00 com a mão de obra.

Temos, portanto, um custo total de R$ 24,00 para produzir um ovo.

Para chegar ao preço final oferecido ao consumidor, basta colocar a margem de lucro nele. Vamos inserir em torno de 100%, ou seja, mais ou menos R$ 24,00 de lucro, por ovo de páscoa.

Logo, o preço final oferecido ao consumidor é de R$ 48,00.

Para entender melhor como precificar um produto, basta clicar aqui e conferir um artigo especial sobre o assunto.

Invista na sua marca

Investir na sua marca de ovos de páscoa envolve diversos fatores que podem ser providenciais na hora de efetuar ou não uma venda.

Para começar, dê um nome para sua marca, crie um logo e identidade visual para ela. Busque sempre conversar com seu público-alvo neste momento.

Divulgue seus ovos de páscoa online

Para se ter uma ideia da importância de vender ovos de páscoa pela internet, apenas no 1° semestre de 2020, o faturamento das lojas online cresceu 47%, se comparado à 2019. E você não quer ficar de fora dessa, não é mesmo?

Crie uma conta comercial da sua empresa no Instagram e Facebook, isso irá impulsionar a sua marca, trazendo mais visibilidade ao negócio.

Para melhorar a experiência do visitante, tire boas fotos de seus ovos de páscoa, pois elas serão a vitrine da sua loja.

Faça promoções e venda mais

Trabalhar com ofertas promocionais podem impulsionar suas vendas, principalmente se você souber fazê-las corretamente.

Por isso, foque em se comunicar com seu público pelas redes sociais e WhatsApp Business, crie uma lista de pessoas interessadas e envie essas ofertas.

Você também pode entregar brindes, como um bombom a mais, por exemplo, além de cartas escritas à mão, agradecendo a preferência.

Montar pacotes ou combos também pode dar certo para o seu negócio, como comprar 4 ovos e ter um desconto de 50% na quinta unidade, por exemplo, entre outras ideias.

O importante é a sua marca estar sempre presente no dia a dia dos clientes. Assim, quando eles pensarem em ovos de páscoa, o seu negócio pode ser lembrado.

Abra um CNPJ MEI e formalize-se

Vender ovos de páscoa pelo CNPJ MEI traz diversas vantagens para o empreendedor e a sua empresa.

As compras de matérias-primas e equipamentos podem ser feitas usando o CNPJ MEI, o que possibilita maiores descontos nas compras, além de opções de crédito para o microempreendedor individual, como o microcrédito, empréstimos e o cartão de crédito.

Além disso, é possível emitir notas fiscais e até comprar um carro com desconto utilizando a MEI.

Quanto ao microempreendedor, se tornar MEI significa fazer parte e benefícios previdenciários, como salário maternidade, auxílio doença e aposentadoria.

Ao abrir a sua microempresa individual, você deve inserir o CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas), que permite a venda de ovos de páscoa. Para isso, basta selecionar o CNAE 4721-1/04.

Não perca tempo, abra um CNPJ MEI agora mesmo e formalize seu negócio.

Dica extra: Trabalhe com revenda de ovos de páscoa

Caso você não tenha capital o suficiente para equipar um negócio com equipamentos, é possível ganhar dinheiro na páscoa a partir da revenda de ovos de páscoa.

Isso mesmo! Você pode comprar ovos de páscoa por atacado, ou seja, pagar um preço menor pela unidade, e revender esses produtos para o público desejado.

A Cacau Show, por exemplo, oferece oportunidades para o profissional MEI revender seus produtos, incluindo ovos de páscoa.

Já conhece a MEI Fácil?

Se você ainda não tem sua conta MEI Fácil, que tal abrir uma e aproveitar todos os benefícios que ela tem a oferecer?

Com a nossa conta você tem acesso a todos os serviços dos bancos tradicionais, mas de forma digital e sem qualquer custo nas transações diárias.

Você pode pedir a sua Maquininha de cartão, o cartão de crédito MEI Fácil e gerar boletos de cobrança, essenciais para o sucesso de uma MEI.

E mais: com a conta MEI Fácil é possível pagar fornecedores, receber de clientes e realizar transferências, tudo em um só lugar.

Para facilitar ainda mais a organização financeira da sua empresa, com a conta MEI Fácil você também tem maior controle sobre os seus gastos por meio da emissão de extratos e do registro do dinheiro que sai diretamente no aplicativo, o que evita surpresas no fim do mês.

Não perca tempo, abra a sua conta MEI Fácil agora mesmo! É só clicar aqui.

Estamos aqui para ajudar você em sua jornada como MEI. Seja para falar sobre finanças ou resolver questões relacionadas ao CNPJ, você pode contar com atendimento e suporte de qualidade de nossa equipe.

Inscreva-se na TV MEI Fácil e acompanhe as redes sociais para não perder nenhuma novidade: Instagram e Facebook.