Já pensou em criar um catálogo de produtos para a sua MEI e alcançar mais clientes?

Esse material reúne as descrições, imagens e preços de todos os itens que você vende na sua empresa, facilitando a análise e a decisão de compra do consumidor.

Por isso, é fundamental que você crie o seu, no formato online ou impresso, para garantir suas vendas e caprichar na divulgação.

Veja a seguir como criar um catálogo de produtos para MEI de forma simples e barata.

Criar catálogo de produtos é bom para o MEI?

Criar catálogo de produtos é um dos passos essenciais para MEI começar a divulgar o que vende e alcançar mais clientes.

Isso porque é por meio dessa ferramenta que os consumidores conseguem avaliar os itens comercializados pela empresa, comparar preços, conhecer as funcionalidades, etc.

Não deixa de ser uma efetiva estratégia de marketing.

O catálogo de produtos pode ser digital ou impresso — se você tem loja física, o ideal é que trabalhe com os dois formatos.

Dependendo do negócio, quando um cliente chega até a loja, é importante ter um material físico para mostrar os produtos e seus detalhes, como em lojas de materiais de construção e de móveis, por exemplo.

Já o catálogo virtual é muito mais versátil e deve ser usado para divulgar seus produtos e impulsionar as compras online, seja por meio de um e-commerce próprio ou pelas redes sociais do seu negócio.

Logo, é fundamental que o MEI tenha seu catálogo de produtos com todas as informações organizadas para aumentar suas vendas.

Lembre-se que nesta fase você precisa usar todas as maneiras possíveis de divulgar a sua marca.

Como criar um catálogo de produtos

Entender como criar um catálogo de produtos do zero é mais fácil do que você imagina.

Acompanhe o passo a passo:

Organize seu mix de produtos

O primeiro passo para criar um catálogo de produtos é organizar a lista de itens que você vende.

Para isso, você deve se basear nas informações obtidas no seu controle de estoque.

Essa parte será muito mais fácil se você já tiver os produtos cadastrados em uma loja virtual, por exemplo.

Quanto mais longa for a lista de produtos, mais trabalhosa será a criação do catálogo.

No entanto, se você ainda trabalha com poucos itens, essa tarefa será mais simples.

Faça as descrições

Com os produtos listados, o próximo passo é criar descrições para cada um dos itens.

É importante especificar cores, composições, tamanhos, materiais, modos de uso, entre outras informações que os consumidores precisam saber sobre seus produtos.

Além disso, você também pode incluir sugestões de uso e conteúdos promocionais.

Se você está revendendo produtos, utilize as informações repassadas pelo fornecedor para cumprir essa etapa.

Tire fotos dos produtos

Ao criar um catálogo de produtos, você precisa garantir imagens de qualidade, pois elas serão os principais chamarizes dos clientes.

Siga nossas dicas para tirar boas fotos de seus itens:

  • Utilize uma câmera profissional ou um celular cuja câmera tenha no mínimo 5 MP
  • Utilize um mini estúdio fotográfico com softbox para ter a iluminação ideal e valorizar o produto ao máximo (você consegue comprar um desses por menos de R$ 50 na internet)
  • Registre vários ângulos do produto, de modo que o consumidor tenha uma visualização o mais fiel possível do item
  • Edite as fotos com ferramentas gratuitas como o Pixlr para ter um resultado mais profissional.

Veja como tirar fotos de produtos para vender

Escolha uma ferramenta para criar o catálogo

Com as descrições e imagens dos produtos, o próximo passo é escolher uma ferramenta para criar o catálogo no formato desejado.

Você pode usar uma rede social para cadastrar os produtos, um site específico para esse fim ou mesmo uma plataforma para a criação de layouts.

Há ainda a possibilidade de criar um catálogo de produtos impresso, embora tenha um custo um pouco maior.

A seguir, vamos dar algumas dicas de ferramentas que você pode utilizar para montar seu catálogo.

Ferramentas para fazer um catálogo de produtos

Uma das ferramentas mais populares para fazer catálogos de produtos online é o Simply.

Com ele, você consegue criar uma página em poucos minutos em um sistema simples e personalizável, que permite o cadastro de diversos itens e variações de tamanhos, cores, modelos, tipos de frete, etc.

Inclusive, o Simply permite que seu catálogo seja integrado com o WhatsApp e com o Instagram Shopping, facilitando o envio dos seus produtos aos clientes por mensagem e a exibição dos itens nas suas redes sociais.

O site oferece um plano gratuito para o cadastro de até 25 produtos, enquanto o plano Pro custa R$ 599 ao ano e permite o cadastro de até 1 mil produtos com até 5 fotos cada um.

Outra ferramenta semelhante que você pode utilizar é o Kyte, que permite criar uma vitrine virtual de produtos.

O plano Pro da plataforma custa R$ 24,90 ao mês e oferece recursos como catálogo online, recibos digitais, controle de estoque, gestão de pedidos e sistema multiusuário.

Já o Flipsnack permite criar catálogos virtuais em PDF e tem planos que custam a partir de US$ 14 ao mês.

Se você está em busca de serviços gratuitos, uma opção é utilizar a plataforma de design Canva para criar um layout de catálogo de produtos a partir de um template pronto.

Para isso, não é necessário ter habilidades com design: basta usar um dos modelos de folder ou outra peça que o site oferece para criar seu catálogo.

Nesse caso, também é possível imprimir o catálogo de produtos para quem tem loja física.

Para um catálogo impresso mais profissional, é indicado contratar um profissional de design ou adquirir o serviço diretamente com uma gráfica da sua região.

Onde divulgar seu catálogo de produtos

Com o catálogo de produtos pronto, o próximo passo é divulgar seu material para conseguir mais clientes e aumentar suas vendas.

Confira algumas dicas para ter sucesso:

Site

O catálogo de produtos deve ser adicionado ao site da sua empresa, para que qualquer pessoa possa encontrá-lo ao buscar seu negócio na internet.

Se o site também for um e-commerce de MEI, as próprias páginas de navegação servirão como uma vitrine online.

E-mail marketing

Você pode enviar seu catálogo de produtos por e-mail para seus clientes e potenciais clientes.

Dessa forma, eles receberão ofertas diretamente em sua caixa de entrada e terão um contato mais próximo com seus itens à venda.

WhatsApp

O WhatsApp Business oferece uma ferramenta exclusiva de catálogo para que você possa adicionar seus produtos e divulgá-los em sua conta comercial.

Para usar esse recurso, basta ter uma conta de negócios na rede social e carregar as imagens de seus produtos por meio do menu “Configurações > Ferramentas Comerciais > Catálogo”.

Veja como faturar mais com vendas pelo WhatsApp

Instagram

O Instagram para Empresas oferece um catálogo de produtos vinculado ao Facebook que funciona como uma vitrine virtual para a sua MEI.

Para utilizar o recurso, é preciso criar o catálogo primeiramente na sua página do Facebook.

Facebook

A loja do Facebook é um excelente catálogo para divulgar seus produtos na internet.

Para ter acesso à ferramenta, você deve criar uma loja a partir do Gerenciador de Comércio, onde também é possível replicar o catálogo para o Instagram.

F-commerce: saiba como vender usando o Facebook

YouTube

Uma ideia criativa é gravar vídeos dos seus produtos para divulgá-los no YouTube.

Assim, você oferece uma visualização mais rica para seus clientes e consegue engajá-los de forma mais direta.

Pinterest

O Pinterest para negócios também é uma rede social que pode ser utilizada para apresentar o seu catálogo de produto para seus clientes.

Exemplos de catálogos de produtos para se inspirar

Agora, vamos ver alguns cases de sucesso que podem dar ideias para fazer no seu negócio.

Use Bob: catálogo de produtos no Instagram

A marca de cosméticos em barra Use Bob utiliza a loja do Instagram como catálogo virtual para divulgar seus produtos.

A rede social permite que a empresa organize seus produtos em coleções e acrescente informações como descrição, modo de uso e preço de venda.

Ao clicar no produto desejado, o usuário é direcionado para finalizar a compra no site da empresa.

Bixo Grilo: catálogo de produtos no Pinterest

A loja de moda hippie Bixo Grilo utiliza o Pinterest para exibir seus produtos em looks exclusivos da marca.

Ao clicar em cada Pin (como são chamadas as publicações dessa rede social), o usuário consegue ver a descrição da peça e seu valor, além de ter acesso ao link diretamente para comprar o produto no site da empresa.

Floricultura Rosa & Cia: catálogo de produtos no Facebook

A Floricultura Rosa & Cia utiliza a ferramenta de loja do Facebook para divulgar seu catálogo de produtos.

Nesse caso, é o mesmo sistema utilizado para criar a loja no Instagram, permitindo que a empresa exiba seus itens nas duas plataformas.

Entendeu por que é fundamental criar um catálogo de produtos?

Ficou com alguma dúvida?

Entre no Grupo MEI Fácil e participe das discussões.

Inscreva-se também na TV MEI Fácil e acompanhe as nossas redes sociais para não perder nenhuma novidade: Instagram e Facebook.