Escrito por Larissa Chinaglia

Você sabe o que é nicho de mercado?

A estratégia de nicho de mercado pode ser o que você precisa para alavancar sua microempresa e ter muito mais sucesso!

Ao longo desse conteúdo, você vai descobrir:

Vamos a leitura?

O que é nicho de mercado?

O nicho de mercado é uma parte de um grupo de consumidores onde há oportunidade de ampliar o seu negócio.

Vamos imaginar que você trabalhe fazendo marmitex. Os consumidores de marmita são um grupo grande, enquanto os consumidores de marmitas fitness veganas fazem parte de um grupo menor.

Nesse caso, o seu nicho de mercado poderia ser marmitas fitness veganas. Com o exemplo fica mais fácil, não é mesmo? Veremos mais alguns no decorrer deste conteúdo.

Encontrar o seu nicho de mercado é também encontrar uma oportunidade se destacar em um setor muito amplo e competitivo.

Nicho de mercado X Segmento de mercado

É comum confundir esses dois termos, mas há uma diferença entre eles.

Quando falamos de segmento de mercado, estamos nos referindo a um grupo com interesse e dores semelhantes.

Já o nicho de mercado está associado a um grupo que ainda não foi explorado, ou seja, onde você encontrar grandes oportunidades de fazer negócio e ter sucesso.

Podemos dizer que o nicho de mercado é uma parcela de um segmento. Assim, voltando ao exemplo acima, o segmento pode ser “marmitas fitness”, enquanto o nicho engloba as que são fitness e veganos ao mesmo tempo.

Ou seja, do menos para o mais específico, fica:
Mercado > Segmento > Nicho

6 motivos para você definir um nicho de mercado

Como comentamos, o nicho de mercado mostra uma oportunidade. E qual microempresa não busca isso, não é mesmo?

Por isso, vamos falar da importância de você definir um nicho de mercado para sua MEI através de 6 motivos.

Menor concorrência

Se destacar da concorrência não é uma tarefa fácil, ainda mais se você tem um volume muito grande de empresas competindo com a sua marca.

Trabalhar um nicho ou uma especialidade irá diminuir o seu número de concorrentes, e apresentar seus produtos e serviços para um grupo que sabe exatamente o que está querendo.

Trabalhar novos preços

Saber precificar produtos e serviços é fundamental para o sucesso das suas vendas.

Muitas vezes, para competir com grandes marcas, os empreendedores buscam diminuir seus preços – o que pode gerar até prejuízos.

Atuando em um nicho de mercado, você terá mais liberdade para definir valores e obter um lucro que seja justo.

Veja como calcular o potencial de lucro da sua empresa!

Público qualificado

Lembra que comentamos que com um nicho de mercado, você irá atingir quem sabe o que está buscando?

Essa é uma das grandes vantagens de definir sua especialidade. Embora você vá atingir um número menor de consumidores, você vai atingir de forma mais assertiva – aumentando suas vendas e diminuindo seu esforço.

Parcerias com pequenos influenciadores

Se grandes e amplas marcas trabalham com grandes e influenciadores mais generalistas, marcas menores podem se alinhar os pequenos ou micro influenciadores – aqueles que possuem entre 10 e 100 mil seguidores e inscritos em seus canais ou redes sociais.

Buscar influenciadores que também trabalham em nichos irá te possibilitar encontrar um público engajado e mais qualificado.

Fidelização de clientes

Se você trabalha um setor pouco explorado, se você já tem um público mais qualificado e engajado, o que falta?

A fidelização dos clientes. Se você cuidar bem da sua marca e oferecer produtos e serviços de qualidade, você irá conseguir garantir uma clientela fixa com facilidade!

Maior autoridade para sua marca

Ao escolher trabalhar em um nicho de mercado, você estará mais próximo de se tornar a autoridade nesse assunto. Você será visto como especialista nesse setor.

Com isso, você consegue atrair ainda mais clientes e parcerias para sua MEI. Você passará mais confiança para seus consumidores do que grandes marcas generalistas.

Nicho de mercado: exemplos e tipos de segmentação

Antes de definir seu nicho de mercado, você precisa entender quais são as quatro segmentações básicas:

  • Geográficos: localização do seu público-alvo
  • Demográficos: informações da população
  • Comportamental: hábitos de consumo do seu público-alvo
  • Psicográficos: estilo de vida, valores, medos e dores do seu público-alvo

Veja o que é público-alvo e como definir o seu

Segmentação geográfica

Na segmentação geográfica vamos analisar a localização do seu público-alvo. Nessa hora, você deve pensar onde você deseja atender ou onde já atende.

País, estado, cidade, zona, bairro, e assim por diante.

Essa segmentação é muito importante para quem busca abrir uma loja física.

Exemplos de segmentação geográfica: um brechó na zona norte do Rio de Janeiro ou uma tabacaria no bairro Jabaquara em São Paulo.

Segmentação demográfica

Já na segmentação demográfica, você precisa analisar os aspectos populacionais do seu público-alvo, tais como:

Gênero, faixa de idade, geração, raça, classe social, escolaridade, ocupação, e assim por diante.

Essa segmentação te ajudará a definir os hábitos de compra dos seus consumidores, e assim criar oportunidades.

Por exemplo, se sua meta é atrair um público acima dos 60 anos, que tipo de produtos e serviços você poderia oferecer?

Exemplo de segmentação demográfica: um sex shop voltado para mulheres evangélicas ou um estúdio de tatuagem para o estilo fine line.

Segmentação comportamental

Chegou o momento de analisar os hábitos de consumo do seu público-alvo.

Para isso, você deve avaliar o que é procurado, o que é consumido, com qual frequência, entre outros pontos.

Exemplos de segmentação comportamental: uma loja de produtos naturais para atletas ou uma loja de artesanato que vem atacado.

Outro exemplo citado na matéria da Rock Content é a Smartfit, que usa essa segmentação pensando que seus clientes precisam usar a academia dentro de uma rotina muito dinâmica.

Segmentação psicográfica

E por fim, a segmentação psicográfica. Para definir o seu nicho de mercado a partir desse ponto, você pode levar em consideração grupos com ideias e estilos de vida parecidos.

Pensamentos, valores, lutas, causas, posicionamentos políticos, entre outros pontos.

Por exemplo, grupo de pessoas que prezam pela sustentabilidade e veganismo – nesse caso vão valorizar o empreendedorismo sustentável, vão ser contra testes em animais, entre outras características.

Outros exemplos de segmentação psicográfica: uma loja de roupas voltada para a comunidade LGBTQIA+ ou um salão de cabelereiro para cabelos afro.

Veja o que é e como apoiar o afroempreendedorismo

Como definir seu nicho de mercado?

Com base nas quatro segmentações acima, você já consegue ter um norte de qual será (ou é) o seu nicho de mercado?

Ainda não sabe como descobrir meu nicho a partir desses pontos?

Então siga a lista abaixo:

  1. Análise em qual mercado você deseja atuar
  2. Encontre um problema que você possa oferecer uma solução
  3. Se qualifique para atender essas necessidades
  4. Entenda a demanda de mercado
  5. Faça uma análise de concorrência

Você também pode fazer um plano de negócio – um documento que elenca as principais informações sobre uma empresa: objetivos, metas, concorrentes, mercado, fornecedores, produto, orçamento, pontos fortes e fracos e o que é preciso fazer para o negócio crescer.

 

Já sabe o que é nicho de mercado? E como descobrir meu nicho?

Compartilhe com a gente no Grupo do Facebook, e nos acompanhe nas redes sociais: Facebook, Instagram e Youtube.