Saber calcular o potencial de lucro de uma empresa é um dos principais fatores que sustentam os caminhos a serem traçados no negócio. Mas você sabe como realizar esse cálculo?

Ao abrir uma empresa, todo empreendedor busca atingir o lucro desejado o mais rápido possível e tornar a empresa financeiramente sustentável.

Mas, antes e chegar ao lucro real de um negócio, é importante que se faça uma análise do seu potencial de lucro para entender o que precisa ser feito em termos de planejamento empresarial e estratégias de mercado.

Pensando nisso, elaboramos este material para te ajudar a calcular o potencial de lucro da sua empresa, assim como entender os principais fatores que influenciam uma projeção correta desse cálculo. Vem com a gente!

O que é potencial de lucro de uma empresa

O potencial de lucro de uma empresa corresponde à diferença entre a receita que você deseja ter na venda de um produto e o custo total de sua produção.

Potencial de Lucro = Receita esperada de um produto – Custo da sua produção

Vamos a um exemplo:

Se você possui um Food Truck de lanches e deseja vender um hambúrguer à R$ 30,00, mas possui um custo de R$ 10,00 para produzi-lo, além de R$ 5,00 para divulgação, seu potencial de lucro será de R$ 15,00.

Potencial de Lucro = 30 – (10 + 5) -> R$ 15,00

Basta multiplicar o potencial de lucro de uma unidade (R$ 15,00) pela quantidade de lanches que planeja vender em um intervalo de tempo, por exemplo em 30 dias.

Pronto, você chegará ao potencial de lucro projetado.

Mas como o próprio nome já fiz, esse cálculo é uma projeção do lucro que você deseja ter na empresa, não uma garantia de receita.

Por isso, é importante que você entenda todos os fatores que envolvem o cálculo do potencial de lucro, assim a projeção torna-se cada vez mais fiel ao real valor de receita gerado.

Abaixo, explicamos os principais fatores que você precisa dominar para calcular o potencial de lucro do seu negócio.

Avalie a saúde financeira da empresa

É essencial avaliar como está o fluxo de caixa da sua empresa. Ou seja, o negócio está dando lucro ou prejuízo?

Ao entender essa situação financeira, é possível identificar fatores que desequilibram as finanças e dificultam a geração de lucro do negócio. Como um direcionamento equivocado ou a precificação incorreta de produtos.

O objetivo principal de tornar as finanças da empresa saudáveis é encontrar um ponto de equilíbrio entre a geração de lucro e manutenção dos custos da empresa.

As pessoas estão procurando pelo seu produto?

Uma empresa torna-se sustentável apenas se seus produtos possuírem demanda, não só para o curto quanto para o longo prazo.

Por isso, no momento de realizar um plano de negócios, a pesquisa de mercado é essencial.

É a partir dela que você entende se seu produto ou serviço pode resolver um problema dos clientes e o quanto eles estariam dispostos a pagar por essa solução.

Uma pesquisa de mercado envolve paciência e visão estratégica, principalmente pelo fato de que a geração de lucro pode não vir nos primeiros meses.

Contudo, o mais importante é analisar se o direcionamento tomado está no caminho correto para que as pessoas busquem por seus produtos hoje e no futuro.

Analise a sua concorrência

Analisar a concorrência e entender como funciona o mercado que você está se inserindo, é um importante passo para evitar desperdícios de tempo e dinheiro.

Para começar a investigação, pesquise quais empresas presentes na região que você deseja atuar oferecem produtos semelhantes aos seus. Provavelmente, elas lidam com o mesmo público que você está buscando.

Compre produtos da concorrência e avalie seus pontos positivos e negativos. Tenha a visão de que os pontos negativos podem ser uma oportunidade para você oferecer serviços diferenciados, até mesmo carentes na região analisada.

O mesmo pode ser feito para negócios online. Estude a disposição e estrutura dos sites, preços e qualidade dos produtos.

Entenda quais são as necessidades dos seus clientes

Ter um público bem definido é essencial para direcionar todas as suas forças na direção correta.

E esse processo faz parte da pesquisa de mercado, onde é necessário entender quem são seus possíveis consumidores, como eles se comportam, qual sua classe social e principais maneiras de consumir produtos (online ou em lojas físicas, por exemplo).

Uma boa análise de oportunidades pode ser o segredo para o sucesso. Busque oferecer serviços que não são encontrados na sua região. Assim, a concorrência direta já será bem menor.

Todos esses questionamentos irão facilitar a descoberta e definição do público da sua MEI, assim como o cálculo mais realista do potencial de lucro.

Calcule o custo de aquisição de clientes

O custo de aquisição de clientes, também conhecido como “CAC”, nada mais é do que soma de tudo que foi investido em divulgação, marketing e vendas da sua empresa, dividida pelo número de clientes conquistados em um mesmo período.

Ao realizar esse cálculo, você chega ao custo que teve para adquirir um novo cliente.

É importante que você realize o cálculo do CAC na sua empresa, pois dificilmente os clientes chegaram até você sem que haja investimentos na divulgação dos seus produtos e serviços. E o conhecimento do valor investido no CAC precisa estar presente nos custos totais da venda de seu produto.

Cada vez mais as empresas estão investimento na divulgação online de serviços, principalmente no Instagram, Facebook e Google. E isso faz total sentido. Ao investir em mídias sociais e anúncios online, sua marca recebe mais visibilidade e alcance do público-alvo desejado.

Como vender mais na sua loja: Estratégia de venda para MEI

É possível reduzir custos?

Quando as empresas conseguem reduzir custos, obviamente sem diminuir a qualidade de seus serviços, essa diferença pode se transformar em uma maior margem de lucro.

Logo, buscar alternativas para otimizar os custos do seu negócio, significa maiores chances de rentabilidade nas vendas.

Comece utilizando uma planilha para controle de gastos. Basta clicar aqui e baixar gratuitamente a planilha de controle financeiro feita para o Microempreendedor Individual.

Uma ótima maneira de reduzir os gastos da sua empresa é utilizar estratégias de negociação com fornecedores. Dessa maneira, você consegue comprar insumos e materiais pelos menores preços e descontos.

Confira 10 Estratégias de Negociação para o MEI Aplicar com Fornecedores

Lucro da empresa: Onde investir?

Quando a empresa lucra, faz parte de uma boa visão estratégica de negócio reinvestir uma fatia do capital gerado. E isso é interessante, caso o empreendedor busque atingir grandes resultados com o seu negócio, no futuro.

Se você é MEI, investir parte do lucro na empresa significa começar pequeno, mas pensar grande. E essa é a filosofia do empreendedor de sucesso.

Contudo, é necessário que o dinheiro seja investido nas reais necessidades do negócio, sendo norteado totalmente pelo planejamento estratégica da empresa.

Por isso, você pode investir em um fundo de reserva para eventuais necessidades e instabilidades do mercado. Caso tenha dívidas ou débitos com a empresa, foque em quitá-los.

Além disso, também é interessante investir em equipamentos e processos para modernizar as atividades e assim otimizar a produção e entregar melhores produtos e serviços aos clientes.

Agora que você já sabe quais são os principais fatores que influenciam o cálculo do potencial de lucro do seu negócio, foque em realizar um planejamento financeiro e estratégico de qualidade e coloque a sua empresa para decolar!

Já conhece a MEI Fácil?

Se você ainda não tem sua conta MEI Fácil, que tal abrir uma e aproveitar todos os benefícios que ela tem a oferecer?

Com a nossa conta você tem acesso a todos os serviços dos bancos tradicionais, mas de forma digital e sem qualquer custo nas transações diárias.

Você pode pedir a sua Maquininha de cartão, o cartão de crédito MEI Fácil e gerar boletos de cobrança, essenciais para o sucesso de uma MEI.

E mais: com a conta MEI Fácil é possível pagar fornecedores, receber de clientes e realizar transferências, tudo em um só lugar.

Para facilitar ainda mais a organização financeira da sua empresa, com a conta MEI Fácil você também tem maior controle sobre os seus gastos por meio da emissão de extratos e do registro do dinheiro que sai diretamente no aplicativo, o que evita surpresas no fim do mês.

Não perca tempo, abra a sua conta MEI Fácil agora mesmo! É só clicar aqui.

Estamos aqui para ajudar você em sua jornada como MEI. Seja para falar sobre finanças ou resolver questões relacionadas ao CNPJ, você pode contar com atendimento e suporte de qualidade de nossa equipe.

Inscreva-se na TV MEI Fácil e acompanhe as redes sociais para não perder nenhuma novidade: Instagram e Facebook.