Vender marmitex é uma saída encontrada por muitas pessoas que desejam empreender ou buscam complemento da renda familiar. O setor alimentício resiste bem durante crises e costuma ser uma ótima opção de negócio para o microempreendedor. Mas vender marmitex vale a pena? Venha com a gente descobrir!

Dica de negócio MEI: Vender marmitex vale a pena? 

As marmitas, ou quentinhas, fazem muito sucesso. Por seus preços baixos, comparados aos restaurantes, e por oferecer comodidade ao consumidor. Para quem quer começar um um novo negócio, vender marmitex é uma alternativa muito rentável e que exige baixo investimento inicial.

Se você é MEI e deseja vender marmitex, saber como formalizar o seu negócio e aplicar nossas dicas especiais é o caminho certeiro para você lucrar muito.

Lucre muito com venda de marmitex

O lucro é uma questão muito importante para definir se vender marmitex vale a pena. Isso influencia diretamente na sua decisão de ter ou não esse negócio. Existe uma média de lucro no setor que varia de 15% a 25%. Mas existem muitos fatores que podem trazer mais ou menos lucro.

Abaixo, conheça algumas dicas para aumentar ainda mais as chance de sucesso do seu novo negócio MEI.

1) Saiba precificar o seu produto

MEI, você sabe como precificar o seu produto? Saber o quanto o seu produto vale é essencial para ter uma estimativa de lucro. Isso significa que colocar o preço correto no seu marmitex é uma garantia a mais de ter um bom dinheiro no fim do mês. No preço final, entram todos os custos: ingredientes para fazer as marmitas, luz, gás, embalagens para armazenamento e custos relacionados a entrega, por exemplo.

Além disso, existem outros fatores que podem influenciar o preço final do seu marmitex. O preço praticado pelos seus concorrentes e o valor que seu cliente está disposto a pagar merecem sua atenção. Para aprender a fazer o cálculo de preço e saber tudo sobre precificação, basta clicar aqui.

Foi explicado anteriormente a importância de escolher bem o segmento para o qual você irá vender. Ou seja, escolher um cliente em potencial e dedicar seus talentos para oferecer o produto que ele está procurando.

O tipo de comida que irá vender também pode influenciar no preço final. Fique atento e saiba quem realmente é o seu cliente.

2) Invista em uma boa divulgação de seus marmitex 

Uma boa divulgação fará toda a diferença na hora de vender marmitas. Para descobrir se vender marmitex vale a pena, dê uma olhada nos locais que deseja atuar. Seja a sua vizinhança ou uma área comercial, é importante comercializar seus pratos em locais onde existam grandes oportunidades. Em todos os casos, ainda é possível aproveitar as redes sociais para expandir seu alcance e conquistar mais clientes.

Dica extra: A indicação boca a boca é muito comum no ramo de vendas de marmitex. Mais um motivo para caprichar, certo?

3) Continue aprimorando seus talentos 

Para vender marmitex, os talentos na cozinha são fundamentais. De qualquer forma, apenas isso pode não ser o suficiente. É recomendado que você invista seu tempo e dinheiro em cursos profissionalizantes, oficinas de culinária. Busque se informar e continuar aprendendo sempre, para continuar se destacando pelos seus potenciais.

Ah! Investir em algo que contribui para o sucesso do seu negócio é diferente de gastar sem pensar. Conheça dicas financeiras para MEI no vídeo abaixo e nunca fique sem dinheiro no fim do mês:

Quanto posso ganhar vendendo marmitex?

Após conhecer algumas dicas que aumentam muito suas chances de sucesso, surge a dúvida: vender marmitex vale a pena? Quanto posso ganhar?

Vender comida é uma das melhores opções de negócio por conta da demanda é constante. Isso significa que sempre terão pessoas procurando marmitex para comprar.

Os ganhos mensais com a venda de marmitex podem variar entre 2 e 5 mil reais. É possível ganhar muito dinheiro vendendo marmitex, mas isso também depende de sua dedicação ao negócio.

5 mil reais? Uau!

Isso mesmo! É importante lembrar que o preço do marmitex varia de acordo com a quantidade de comida e ingredientes utilizados. É comum que marmitas fit, veganas ou com ingredientes orgânicos tenham valores diferenciados. O importante é buscar oferecer o melhor custo-benefício para o seu cliente. 

Vamos supor que a sua média de preços seja de R$10 Reais por marmitex, com uma porção generosa de comida, no estilo prato feito: arroz, feijão, fonte de proteína e um acompanhamento.

Se você vender 50 marmitex por dia, seu faturamento diário será de R$500,00. Trabalhando todos os dias úteis do mês, ou seja, 22 dias, seu faturamento pode chegar a 11 mil reais, com a venda de pouco mais de mil marmitas.

Se sua margem de lucro for de 25%, será perfeitamente possível lucrar R$2750 por mês. 

Como calcular a margem de lucro?

É muito simples calcular a margem de lucro e saber quanto você realmente irá ganhar com a venda de marmitex.

Primeiro, aprenda a calcular o lucro. O lucro é basicamente a diferença entre o faturamento total (R$11.000, por exemplo) e os custos que envolvem o produto, como os ingredientes, luz, gás e embalagens. Tire do valor do faturamento tudo o que foi gasto para fazer o marmitex.

Exemplo

Faturamento: R$11.000

Custos para fazer os marmitex: R$8,250.00 ou R$7.50 por marmita.

R$11.000 – R$8250 = R$2750.00 

Encontrou seu lucro? Ótimo!

Agora, para saber a exata margem de lucro, ou seja, qual a porcentagem do faturamento que realmente fica com você no fim do mês, basta: dividir o valor do lucro, pelo valor do faturamento, chamado de receita total. Depois, deverá multiplicar esse valor por 100. Confira abaixo o exemplo:

R$2750 / R$11.000 = 0,25

0,25 x 100 = 25

Nesse exemplo, a margem de lucro é de 25% do valor total do faturamento. 

Existe uma grande chance de você vender muito mais do que 50 marmitas por dia, além da possibilidade de realizar parcerias com vendedores para comprar alimentos de qualidade por um preço acessível. Com o tempo e também a partir de sua dedicação, você irá lucrar cada vez mais! Quem sabe, vender marmitex pode até se tornar a sua fonte principal de renda.

Para resumir, vender marmitex vale a pena sim!

Se você gosta de cozinhar, deseja empreender e ter o seu próprio negócio, com certeza, esse será um ótimo empreendimento para você.

Acompanhe todas as nossas dicas especiais para MEI nas redes sociais: Instagram, Youtube e Facebook.