A venda de marmitex tem se provado um negócio rentável, com baixo investimento inicial e grandes chances de lucro. Mas você sabe como vender marmitex?

Os marmitex, também chamados de quentinhas, costumam fazer bastante sucesso em regiões comerciais. Hoje, também é possível ofertar os produtos online, principalmente se você escolher vender as marmitas congeladas.

Vender marmitex é uma saída encontrada por muitas pessoas que desejam empreender ou buscam complemento da renda familiar.

O setor alimentício resiste bem durante crises e costuma ser uma ótima opção de negócio para o microempreendedor.

E quem possui dotes culinários pode aproveitar a oportunidade que o mercado oferece.

Se quer começar um negócio nesse ramo ou busca por renda extra, esse texto foi feito para você. Conheça agora as principais dicas sobre como vender marmitex e como formalizar seu empreendimento com o CNPJ MEI.

Caso você queira ir direto ao assunto do seu interesse, é só clicar nos tópicos abaixo:

Como vender marmitex: Por onde começar?

É possível lucrar muito com a venda de marmitas e quem sabe até transformar este pequeno negócio em sua fonte de renda principal

Porém, antes de sair colocando a mão na massa, é essencial que você estruture o negócio com todos os requisitos e planejamento necessários.

Na hora de realizar o planejamento, não deixe de definir seus locais de venda, o público-alvo, cardápio e estratégias de venda, riscos e precificação do produto, por exemplo.

Além disso, como o marmitex faz parte do setor de alimentos, você precisa se adequar às exigências da Vigilância Sanitária e seu município.

Mas fique tranquilo, neste post você encontrará tudo sobre o tema.

Vamos começar pelas dicas.

planilha de controle financeiro

Como vender marmitex: 8 dicas para o MEI

Prepare sua cozinha

Antes de começar a vender marmitex, analise se você já possui, ao menos, uma estrutura mínima em sua cozinha para começar o trabalho. Isso fará muita diferença no valor de investimento inicial.

Essa estrutura é composta por fogão, geladeira e forno, principalmente, além de utensílios de cozinha diversos.

Embalagens para marmitex e o local para armazenamento merecem grande atenção.

Se você ainda não possuí os equipamentos básicos, não tem problema, comece devagar pesquisando bastante os preços e invista na negociação para conseguir descontos.

Descubra quem é seu Público-alvo

Para ganhar dinheiro com a venda de marmitex, será preciso idealizar cardápios e opções que combinem com o perfil do público que deseja atingir.

Para isso, saiba para quem você gostaria de vender. Seguem algumas sugestões abaixo:

  • Trabalhadores braçais, operários, prestadores de serviço voltados para a indústria: Pela energia gasta durante o trabalho, pratos no estilo prato feito, com arroz, feijão, fonte de proteína e salada, são boas opções para esse público;
  • Atletas e público fit em geral: Com propósito de emagrecimento, ganho de massa ou simples busca por um estilo de vida mais saudável, os cardápios baixos em carboidrato e com alto teor de proteínas, as famosas marmitas fit, costumam ser muito atrativas;
  • Vegetarianos e veganos: A demanda de quem não consume carne tem crescido muito. Use esta oportunidade para oferecer refeições completas sem carne e/ou produtos de origem animal;
  • Intolerantes a glúten e lactose: As restrições alimentares fazem com que muitas pessoas tenham dificuldade ao almoçar fora de casa. Que tal aproveitar para oferecer um produto realmente competitivo e satisfazer esse público?
  • Crianças, ou melhor, os pais delas: A rotina da maioria das mães e pais costuma ser bem corridas. Você pode atuar nesse segmento com refeições práticas e nutritivas para crianças.

Bônus: tente oferecê-las congeladas, assim você otimiza o tempo de seu cliente.

Analise os riscos e estude a sua concorrência

Depois de identificar um potencial público-alvo a partir das oportunidades do mercado, você já sabe por onde trilhar o seu caminho.

Os próximos passos incluem conhecer as forças, fraquezas e também o que pode ameaçar o seu negócio.

Aprenda a fazer a Análise SWOT do seu negócio e faça um mapa de oportunidades para a sua MEI

O vídeo abaixo poderá te ajudar nesta etapa:

Saber qual a sua posição em relação aos concorrentes é essencial para superar qualquer desafio. Para isso, selecione seus principais concorrentes e experimente seus produtos e serviços.

Avalie tudo o que puder, pois é momento de investigar as forças e fraquezas deles. Alguns aspectos para ficar de olho:

  • Experimente os alimentos;
  • Avalie a qualidade e características da embalagem;
  • O tempo de entrega ou o serviço prestado na loja física;
  • A qualidade dos ingredientes e o sabor;
  • O preço e o cardápio.

Elabore o cardápio pensando no seu público-alvo

Depois de determinar seu público-alvo e analisar as principais produtos da concorrência, chegou a hora de montar cardápio dos seus marmitex.

Quando o cardápio de uma marmitaria é bem feito, possui uma aparência agradável e contém informações claras dos produtos, o cliente logo imagina que a comida também seja da mesma forma.

Busque montar um cardápio bonito, funcional e que combine com o perfil do público que escolheu.

No início, pode ser interessante investir em menos opções, para conhecer o gosto da sua clientela. Em muitos casos, menos é mais. O importante é sempre prezar pela qualidade de suas marmitas.

Invista em produtos de qualidade

Investir em alimentos de qualidade traz a certeza de um marmitex caprichado e atrativo.

Trabalhe apenas com ingredientes de qualidade na sua cozinha. Por mais que eles possam ser um pouco mais caros, a qualidade pode fazer a diferença.

Pesquise bem por opções de fornecedores e tente comprar por atacado, a partir de promoções ou utilizando o CNPJ MEI.

Confira aqui 10 estratégias de negociação para o MEI aplicar com fornecedores.

Saiba precificar o seu produto

Saber o quanto o seu produto vale é essencial para ter uma estimativa de lucro.

Isso significa que colocar o preço correto no seu marmitex é uma garantia a mais de ter um bom dinheiro no fim do mês.

No preço final, entram todos os custos: ingredientes para fazer as marmitas, luz, gás, embalagens para armazenamento, equipamentos e custos relacionados a entrega, por exemplo.

Além disso, existem outros fatores que podem influenciar o preço final do seu marmitex.

O preço praticado pelos seus concorrentes e o valor que seu cliente está disposto a pagar merecem sua atenção.

Para aprender a fazer o cálculo de preço e saber tudo sobre precificação, basta clicar aqui.

O tipo de comida que você irá vender também pode influenciar no preço final. Por isso, fique atento e saiba quem realmente é o seu cliente.

Como vender marmitex: invista em uma boa divulgação

Uma boa divulgação fará toda a diferença na hora de vender marmitas.

Dê uma olhada nos locais que deseja atuar. Seja a sua vizinhança ou uma área comercial, é importante comercializar seus pratos em locais onde existam grandes oportunidades.

Em todos os casos, ainda é possível aproveitar as redes sociais para expandir seu alcance e conquistar mais clientes.

Dica extra: A indicação boca a boca é muito comum no ramo de vendas de marmitex. Mais um motivo para caprichar, certo?

Faça cursos e aprimore seu marmitex

Para vender marmitex, os talentos na cozinha são fundamentais. De qualquer forma, apenas isso pode não ser o suficiente.

É recomendado que você invista seu tempo e dinheiro em cursos profissionalizantes, oficinas de culinária. Busque se informar e continuar aprendendo sempre, para continuar se destacando pelos seus potenciais.

Separamos algumas opções de curso que você pode fazer para decolar o seu negócio:

Como ganhar dinheiro vendendo marmitex?

O lucro é uma questão muito importante para definir o quanto de dinheiro o vendedor de marmitex pode ganhar.

Isso influencia diretamente na sua decisão de ter ou não esse negócio. Existe uma média de lucro no setor que varia de 15% a 25%.

Mas existem muitos fatores que podem trazer mais ou menos lucro.

Quanto posso ganhar vendendo marmitex?

Após conhecer algumas dicas que aumentam muito suas chances de sucesso, surge a dúvida: Quanto posso ganhar vendendo marmitex?

Vender comida é uma das melhores opções de negócio por conta da demanda que é constante. Isso significa que sempre terão pessoas procurando marmitex para comprar.

Os ganhos mensais com a venda de marmitex podem variar entre 2 e 5 mil reais. É possível ganhar muito dinheiro vendendo marmitex, mas isso também depende de sua dedicação ao negócio.

É importante lembrar que o preço do marmitex varia de acordo com a quantidade de comida e ingredientes utilizados.

É comum que marmitas fit, veganas ou com ingredientes orgânicos tenham valores diferenciados.

O importante é buscar oferecer o melhor custo-benefício para o seu cliente. 

Vamos supor que a sua média de preços seja de R$10 Reais por marmitex, com uma porção generosa de comida, no estilo prato feito: arroz, feijão, fonte de proteína e um acompanhamento.

Se você vender 50 marmitex por dia, seu faturamento diário será de R$500,00. Trabalhando todos os dias úteis do mês, ou seja, 22 dias, seu faturamento pode chegar a 11 mil reais, com a venda de pouco mais de mil marmitas.

Se sua margem de lucro for de 25%, será perfeitamente possível lucrar R$2750 por mês. 

Como calcular a margem de lucro?

É muito simples calcular a margem de lucro e saber quanto você realmente irá ganhar com a venda de marmitex.

Primeiro, aprenda a calcular o lucro. O lucro é basicamente a diferença entre o faturamento total (R$11.000, por exemplo) e os custos que envolvem o produto, como os ingredientes, luz, gás e embalagens.

Tire do valor do faturamento tudo o que foi gasto para fazer o marmitex.

Por exemplo:

Faturamento: R$11.000

Custos para fazer os marmitex: R$8,250.00 ou R$7.50 por marmita.

R$11.000 – R$8250 = R$2750.00 

Pronto, você encontrou o seu lucro!

Agora, para saber a exata margem de lucro, ou seja, qual a porcentagem do faturamento que realmente fica com você no fim do mês, basta dividir o valor do lucro, pelo valor do faturamento, chamado de receita total.

Depois, deverá multiplicar esse valor por 100. Confira abaixo o exemplo:

R$2750 / R$11.000 = 0,25

0,25 x 100 = 25

Nesse exemplo, a margem de lucro é de 25% do valor total do faturamento.

Existe uma grande chance de você vender muito mais do que 50 marmitas por dia, além da possibilidade de realizar parcerias com vendedores para comprar alimentos de qualidade por um preço acessível.

Com tempo e dedicação, você irá lucrar cada vez mais! Quem sabe, vender marmitex pode até se tornar a sua fonte principal de renda.

planilha de controle financeiro

Fique de olho no Alvará de Funcionamento

No que diz direito ao ramo da alimentação, a formalização se torna necessária por conta das exigências de condições de higiene determinadas pela Vigilância Sanitária.

Elaboramos um artigo para te ajudar a entender tudo sobre alvará de funcionamento. Basta clicar aqui.

Recomendamos também que entre em contato com a prefeitura de sua cidade. Assim, você poderá conhecer com detalhes os passos para regularizar seu empreendimento.

Como vender marmitex: Use o CNPJ MEI e alcance o sucesso

Vender marmitex usando o CNPJ MEI possui diversas vantagens. São benefícios previdenciários, como aposentadoria, auxílio doença, salário maternidade, entre outros.

Além disso, você consegue realizar vendas usando maquininhas de cartão, o que pode alavancar, e muito, as suas vendas.

Para abrir uma MEI é simples. E com a MEI Fácil fica ainda mais moleza!

Abrir o se CNPJ MEI é de graça, basta baixar o App MEI Fácil na Play Store ou entrar no Portal MEI Fácil.

Na hora de cadastrar a sua atividade, é só colocar Marmiteiro(A), com CNAE 5620-1/04 – Fornecimento De Alimentos Preparados Preponderantemente Para Consumo Domiciliar.

Já possuo CNPJ MEI: como vender marmitex?

Caso você já seja MEI, é muito simples começar a vender marmitex. São permitidas até 16 atividades diferentes cadastradas no mesmo CNPJ MEI.

Ou seja, basta adicionar a atividade em seu cadastro, além de buscar toda a regulamentação e alvarás necessários para atuar no ramo da alimentação.

Para começar a vender marmitex, você pode alterar os dados do seu cadastro MEI gratuitamente através do site do Governo – Empresas & Negócios. Se preferir, pode conferir nossos serviços de contabilidade, onde fazemos as alterações no CNPJ MEI para você.

Agora que você já sabe como vender marmitex, foque em estudar, aprimorar seus serviços e divulgar a sua MEI. Decole de vez o seu negócio!

Já conhece a conta MEI Fácil?

Se você ainda não tem sua conta MEI Fácil, que tal abrir uma e aproveitar todos os benefícios que ela tem a oferecer?

Com a nossa conta você tem acesso a todos os serviços dos bancos tradicionais, mas de forma digital e sem qualquer custo nas transações diárias.

Você pode pedir a sua Maquininha de cartão, o cartão de crédito MEI Fácil e gerar boletos de cobrança, essenciais para o sucesso de uma MEI.

E mais: com a conta MEI Fácil é possível pagar fornecedores, receber de clientes e realizar transferências, tudo em um só lugar.

Para facilitar ainda mais a organização financeira da sua empresa, com a conta MEI Fácil você também tem maior controle sobre os seus gastos por meio da emissão de extratos e do registro do dinheiro que sai diretamente no aplicativo, o que evita surpresas no fim do mês.

Não perca tempo, abra a sua conta MEI Fácil agora mesmo! É só clicar aqui.

Estamos aqui para ajudar você em sua jornada como MEI. Seja para falar sobre finanças ou resolver questões relacionadas ao CNPJ, você pode contar com atendimento e suporte de qualidade de nossa equipe.

Inscreva-se na TV MEI Fácil e acompanhe as redes sociais para não perder nenhuma novidade: Instagram e Facebook.