Como fazer um empréstimo sendo MEI e quando vale a pena?

4 minutos de leitura
Homem pensativo olhando para computador
Navegue pelo conteúdo

Boa parte dos MEIs não sabe, mas há como fazer um empréstimo com o seu CNPJ, em vez de usar o nome de pessoa física.

Como aponta a pesquisa Financiamento dos Pequenos Negócios no Brasil 2023, 60% dos MEIs que recorrem a empréstimos o fazem usando seu CPF.

O estudo mostra ainda que, pela primeira vez em uma década, o volume de empréstimo para pessoas físicas superou o de pessoas jurídicas.

Não é errado contrair crédito como PF, mas, dessa forma, o MEI tem muito menos opções do que se utilizasse seu registro como empresa.

É para você aproveitar as melhores opções de crédito para a sua empresa que preparamos este conteúdo. Siga em frente e saiba como fazer um empréstimo usando o seu MEI!

Tem como fazer um empréstimo pelo MEI?

Com certeza! E com muito mais vantagens do que se o empréstimo fosse feito por um titular pessoa física.

Isso porque, ao contratar um empréstimo como empresa, você sinaliza para a instituição credora que vai usar o capital para gerar mais receitas, o que é de interesse dos bancos.

No contexto geral, isso significa uma economia muito mais aquecida, com mais pessoas empreendendo, comprando e vendendo.

É diferente do empréstimo pessoal, muitas das vezes usado para quitar dívidas ou comprar bens. Nesse caso, quando o dinheiro acaba, nenhum valor a mais para o mercado é gerado.

Como fazer um empréstimo sendo MEI? Opções e passos

As linhas de crédito destinadas a MEIs e a empresas em geral são desenhadas para fomentar a atividade empreendedora.

Dessa forma, os bancos são mais generosos do que se emprestassem dinheiro para uma pessoa física.

Também é de interesse das instituições de crédito manter um cliente fidelizado e que sempre recorra aos seus produtos financeiros.

Os MEIs são um público indicado nesse aspecto, já que têm uma demanda por crédito relativamente elevada.

Confira, então, como você pode aproveitar essa condição em cinco formatos de crédito disponíveis para microempreendedores individuais.

Empréstimo bancário PJ

O caminho mais tradicional para conseguir financiamento para um negócio é pedir crédito como pessoa jurídica. Boa parte dos bancos conta com linhas exclusivas para MEIs, embora isso nem sempre aconteça.

A vantagem é que, no crédito para MEI, as condições em geral são mais vantajosas, com taxas mais em conta e pagamento facilitado.

Linhas especiais

Por isso, o melhor a fazer é buscar por um empréstimo desenvolvido pensando na realidade do microempreendedor. Eles têm exigências menos pesadas do que nas linhas de crédito para empresas “normais”, principalmente em relação à contratação.

Nas linhas convencionais, por exemplo, é bastante provável que a comprovação de renda exija extratos de pró-labore.

Isso já não acontece no crédito para MEI, que pode, em alguns casos, comprovar sua renda com a declaração do IRPF.

Microcrédito BNDES

Uma ótima opção para o MEI é o Microcrédito BNDES, cuja taxa de juros é negociada no ato da contratação, não podendo ultrapassar 4% ao mês.

Outra tarifa facilitada é a Taxa de Abertura de Crédito (TAC) que, com o BNDES, jamais ultrapassa os 3% do valor emprestado.

Também é possível negociar prazos, o que dá uma grande flexibilidade para que MEIs de todos os ramos possam obter crédito.

Crédito Caixa

A Caixa Econômica Federal sempre ofereceu linhas de crédito populares, e com os MEIs não seria diferente.

O Crédito Caixa MEI permite contratar empréstimos de até R$ 3 mil, com taxas atrativas e sem TAC. O MEI tem 24 meses para quitar a dívida, em parcelas bastante suaves.

Outra facilidade é que o processo de contratação pode começar online mesmo, bastando para isso preencher um formulário disponível no site da Caixa.

Serasa eCred

Uma vantagem do Serasa eCred é o simulador de empréstimo online. Com ele, você pode saber antecipadamente quanto vai pagar ao solicitar um financiamento, que pode ser de até R$ 30 mil, pagos em até 48 meses.

Outro ponto positivo é o processo de comprovação de renda que, para MEIs, pode ser feito por meio de extratos bancários. Claro que, sendo uma linha de crédito do Serasa, é avaliado o seu histórico de bom pagador.

Portanto, se você tem um score de crédito baixo, procure aumentá-lo antes de recorrer a essa ou a qualquer outra linha de crédito para MEI.

Com quanto tempo de MEI posso fazer empréstimo?

Outro fator que você precisa prestar atenção antes de fazer um empréstimo como MEI é o tempo que você tem como PJ.

Algumas instituições financeiras exigem pelo menos 6 meses como MEI, logo, se você acabou de abrir o seu, será mais difícil conseguir crédito.

Quando é uma boa fazer um empréstimo para o MEI?

O maior risco ao contrair um empréstimo é se perder no controle financeiro enquanto ele ainda não foi quitado, expondo-se ao endividamento.

Assim sendo, procure avaliar com bastante critério a sua necessidade por crédito, considerando a sua capacidade de pagamento e o retorno que ele deve gerar.

O principal, nesse caso, é que os recursos que você vier a levantar gerem valor para o seu negócio e que permitam faturar mais com o MEI.

Leve a sério a gestão financeira do seu MEI

Agora que você sabe como fazer um empréstimo usando seu MEI, temos uma última dica. Quando se trata de finanças, é fundamental se manter bem informado, para tomar decisões o menos arriscadas possível.

O blog MEI Fácil por Neon é a sua fonte de informação segura, com artigos escritos e revisados pelo nosso time de especialistas.

Inscreva-se também na TV MEI Fácil e acompanhe as redes sociais para não perder nenhuma novidade: Instagram e Facebook.

O que você achou deste artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Tags:
Vale a pena ler