Você percebe que chegou o momento de investir na sua empresa. Saber como melhorar as ofertas para a sua MEI e provocar novas demandas é o seu maior desafio. Todos os dias surgem novas oportunidades. O mais difícil é saber qual é o próximo passo mais indicado para o que você faz. É comum se deparar com questionamentos como: “O empréstimo para MEI é uma boa opção?”; “Quais sãos as melhores alternativas de crédito para quem tem uma MEI?”.

Para obter essas respostas, é preciso avaliar muito bem a situação da sua empresa.  No entanto, é importante que você saiba que para as duas perguntas acima, o resultado será semelhante. Será preciso estudar todas as alternativas para que você alcance o tão desejado sucesso. Embora ter novos recursos financeiros ajudem no desenvolvimento do seu negócio, você deve questionar se essa é a melhor opção para o momento da sua empresa.

Antes de apostar em um empréstimo para MEI, é preciso ter certeza de que você já está fazendo tudo o que pode para que seu negócio se expanda. Separamos então, algumas dicas para te ajudar nessa decisão.

O Empréstimo para MEI é a sua melhor opção?

Depende.  E aqui valem todos os jargões antigos e conselhos que sempre ouvíamos dos nossos pais. Analise, reflita e entenda o cenário em que está o seu MEI e a sua situação financeira. Afinal, você é seu próprio chefe e dono da empresa! Como você irá aplicar o dinheiro que pegou emprestado? Vale a pena fazer um empréstimo para MEI nesse momento? Qual é sua perspectiva de rendimento para pagar esse valor depois?

Essas perguntas te ajudarão a entender se realmente é o momento para apostar nesse recurso. Sabemos que o empréstimo pode ser uma solução, mas o pagamento dele pode se tornar um problema quando mal administrado. E se o empréstimo é para eliminar uma dívida, é preciso refazer todas as contas para ter certeza que essa dívida não se transformará em dor de cabeça.

Quando o problema é a falta do dinheiro existem mais soluções que podemos imaginar. Seguir a risca todos elas ainda é difícil, mas não custa nada relembrar.

Avalie os seus preços

Entenda porque está perdendo mercado e o que está acontecendo para não ter uma entrada maior de dinheiro.  Faça um comparativo, veja os valores dos produtos e/ou serviços dos seus concorrentes. Como é o trabalho deles e o que motivam os seus clientes em potencial a buscarem eles no seu lugar.

Promoção e Campanhas de Marketing

Melhore a forma como você está se divulgando. Promova a sua marca, os seus serviços e os produtos. Se você tem uma loja, intensifique a sua comunicação com as pessoas na região em que você atua. Faça folhetos, cartões e distribua para despertar o interesse de quem está perto. Além disso, é possível utilizar as redes sociais para promover seu negócio.

Caso você trabalhe com produtos e tem estoque parado, vale a pena investir em promoções e liquidar as mercadorias a um preço ainda mais atraente. Essa opção te ajuda ainda na visibilidade do produto.

Renegocie prazos

Se você já fez tudo isso e ainda se vê num beco sem saída e precisa do dinheiro, certifique-se que o empréstimo para MEI ainda é a única opção. Repense os prazos e reveja seus processos administrativos e os seus fornecedores.

Muitas vezes o que você precisa é apenas de novos prazos para pagar os fornecedores ou novas parcerias que te ajudem a conseguir os recursos que precisa para alavancar os seus negócios. Ofereça permutas ou doações em troca de produtos ou serviços.

Vou fazer o empréstimo MEI. Tenho tudo sob controle

Se você já se decidiu, então aqui vão alguns conselhos para que você não se perca nas finanças. Confira as suas contas e quando for contratar o valor do empréstimo tenha a certeza de que ele caberá no seu bolso.

O empréstimo para MEI varia de R$100,00 a R$ 15.000,00, ou seja, é bem variável. Existem, portanto, diversas opções e você pode conferir nos bancos em que você tem conta, quais são as que oferecerem as melhores em taxa de juros, parcelamento e valores.

Utilize os valores emprestados com consciência.  Se possível, faça um investimento com parte do valor. Certifique-se que esse recurso será parte de um processo produtivo e rentável. Atente-se aos prazos de pagamento. E tenha o controle do orçamento da sua empresa. Saiba em quanto tempo terá o retorno desse investimento.

Tenha todos os passos muito bem planejados e faça com que eles aconteçam nos prazos adequados.

Gostou das nossas dicas? Nos siga nas redes sociais e fique por dentro de todas as dicas para o MEI, no Facebook, Instagram e Youtube! Se tiver alguma dúvida, entre em contato com a gente através do e-mail contato@meifacil.com.