Ter o controle financeiro da sua MEI é fundamental para uma gestão empresarial saudável. E a base desse bom funcionamento é a presença de capital de giro na empresa, uma vez que existem compromissos financeiros que devem ser respeitados, como o pagamento do seu funcionário e de fornecedores, custos operacionais, impostos e aluguel, por exemplo.

Mas sabemos que, muitas vezes, o caminho do MEI possui grandes desafios e arcar com todas as responsabilidades de um negócio não é fácil.

Por isso, surge o conceito de capital de giro, um volume de dinheiro importante para que empresa consiga bancar o seu funcionamento operacional e rodar normalmente.

Para te ajudar a compreender o assunto, preparamos este artigo que explicará o significado de capital de giro, a sua importância e como usá-lo da maneira correta.

Descubra os gastos invisíveis da sua empresa e reduza custos!

O que é capital de giro

O capital de giro é um recurso em dinheiro que corresponde à soma de todos os gastos que a empresa possui para dar continuidade ao funcionamento do negócio.

O valor desse capital precisa estar disponível dentro de um curto período, uma vez que é usado para quitar todos os seus custos fixos e gastos fundamentais para a realização das atividades da empresa.

Assim sendo, o capital de giro deve bancar todas as despesas que o seu negócio possui no mês.

Vamos a um exemplo de como calcular o capital de giro:

Tipo de despesa

Custo mensal

Conta de água e luz R$ 500
Manutenção de estoque R$ 2.500
Aluguel R$ 1.500
Salário do funcionário R$ 1.500
Custo mensal total R$ 6.000

 

Também é importante guardar uma reserva financeira para possíveis emergências ao longo do mês. 5% do custo mensal total é um valor razoável.

Portanto, considerando essa margem de segurança, temos que o valor total do capital de giro corresponde a R$ 6.300.

A importância do capital de giro

Quando a empresa possui o capital de giro necessário, ela está mais protegida contra alguma diminuição inesperada nas vendas, crises, entre outras surpresas que podem surgir ao longo do mês para o empreendedor.

Além disso, um planejamento financeiro que contenha capital de giro envolvido possibilita ao negócio mais chances de sucesso e diferentes opções de vendas ao cliente, como as vendas a prazo, assim como mais saúde financeira para a empresa.

Por outro lado, a falta desse capital pode reduzir oportunidades de negócio, parcerias e ainda aumenta as chances de a empresa não cumprir com suas responsabilidades, bem como de se tornar inadimplente ou até mesmo fechar as portas.

Como conseguir capital de giro

Existem algumas formas de conseguir crédito para o capital de giro do MEI, como financiamentos, antecipação de recebíveis, linhas de crédito e através do lucro gerado pela empresa, por exemplo.

No entanto, pensando na saúde financeira e sustentabilidade do seu negócio, a melhor maneira de conseguir capital de giro é através do lucro. Assim, você não precisará recorrer a fontes externas para obter o dinheiro necessário.

Onde usar o capital de giro

É muito importante que você conheça bem todos os números do seu negócio, pois esse é o ponto de partida para uma gestão eficiente do capital de giro.

Utilize esse dinheiro apenas para financiar o funcionamento regular do seu negócio e procure otimizar custos. Vale reforçar o que comentamos acima: isso inclui a manutenção de estoques, pagamento aos fornecedores, impostos, salário e outras despesas operacionais necessárias.

Busque maneiras de economizar nas contas de água e luz, negocie melhores condições com fornecedores e elimine hábitos que não são saudáveis para as finanças da sua empresa.

Também é importante acompanhar de perto os prazos de recebimento e pagamento, uma vez que pagar as contas antes de receber o dinheiro dos serviços prestados gera um desequilíbrio no caixa e pode complicar as suas finanças.

 

Estamos aqui para ajudar você em sua jornada como MEI. Seja para falar sobre finanças ou resolver questões relacionadas ao CNPJ, você pode contar com atendimento e suporte de qualidade de nossa equipe.

Aproveite e inscreva-se na TV MEI Fácil e acompanhe as redes sociais para não perder nenhuma novidade: Instagram e Facebook.