A margem de lucro é o principal termômetro da saúde financeira da sua MEI. Com esse indicador, você consegue avaliar o percentual de geração de lucro do seu negócio a partir das suas vendas.

Assim, fica mais fácil ter certeza de que você está ganhando dinheiro como MEI e evitando qualquer prejuízo.

Quer saber se seu negócio é lucrativo?

Então, avance na leitura até o fim e aprenda a calcular a margem de lucro agora mesmo.

O que é margem de lucro?

Margem de lucro é a porcentagem do faturamento que vai para o bolso do empreendedor como resultado de suas vendas.

Já o lucro é a diferença entre a receita das vendas e os custos do negócio — ou seja, o que efetivamente sobra de dinheiro no fim do mês para o MEI.

Logo, a margem de lucro é usada para determinar o índice de lucratividade do negócio e garantir que o empreendedor ganhe dinheiro com a sua empresa.

Entenda a diferença entre lucratividade e rentabilidade nas empresas MEI.

Geralmente, ao precificar produtos e serviços, você já considera qual será o percentual de lucro adicionado ao preço de venda, pensando nos seus ganhos.

Por isso, esse é um dos indicadores financeiros mais importantes para negócios de todos os portes.

Se você souber como calcular a margem de lucro, terá a certeza de que está ganhando com as vendas do seu MEI e nunca ficará no prejuízo — motivo mais que suficiente para continuar lendo este artigo.

Por que o MEI deve conhecer sua margem de lucro?

Como o objetivo de toda empresa é gerar lucro, o MEI precisa conhecer sua margem de lucro para garantir que essa meta seja cumprida.

Muitas vezes, o microempreendedor individual com pouca experiência olha somente para o faturamento na hora de entender a saúde financeira de seu negócio.

O problema é que esse número não considera todo o dinheiro que foi gasto para realizar as vendas, como o valor dos produtos adquiridos de fornecedores, impostos, salário do funcionário, aluguel do espaço, etc.

Por isso, não adianta levar em conta somente o faturamento e achar que sua empresa está indo bem.

Para ter certeza de que você está ganhando dinheiro, é preciso calcular a margem de lucro e entender quanto está sobrando de fato para o seu bolso.

Como calcular margem de lucro?

Existem dois tipos de margem de lucro que você pode usar no seu negócio.

Veja como calcular cada um deles.

Margem de lucro bruta

A primeira é a margem de lucro bruta, que considera o percentual de lucro obtido com base no faturamento total da sua empresa.

Para fazer esse cálculo, basta aplicar a fórmula:

Margem de lucro bruta = lucro bruto ÷ receita total x 100

No caso, o lucro bruto é o faturamento menos os custos totais que você teve com a venda do produto (ex.: compra dos itens para revenda).

Então, por exemplo, se você faturou R$ 5 mil em um mês e teve R$ 2 mil de gastos, seu lucro bruto foi de R$ 3 mil (R$ 5 mil – R$ 2 mil).

Nesse cenário, a conta ficaria assim:

  • Margem de lucro bruta = R$ 3.000 ÷ R$ 5.000 x 100
  • Margem de lucro bruta = 0,6 x 100
  • Margem de lucro bruta = 60%

Logo, a margem de lucro bruta desse MEI seria de 60% no período.

Margem de lucro líquida

Na margem de lucro líquida, a diferença é que você faz a conta utilizando o lucro líquido, ou seja, o que sobrou de ganho para o seu negócio depois de descontar despesas fixas e variáveis.

Isso significa que você não vai descontar apenas o que gastou para vender seus produtos e serviços, mas todos os custos, incluindo impostos e encargos, salário de um funcionário (se houver), contas de consumo (água, luz, internet, etc.), aluguel da loja, entre outros.

Nesse caso, a fórmula fica assim:

Margem de lucro líquida = lucro líquido ÷ receita total x 100

Usando o mesmo exemplo anterior, vamos supor que o MEI tenha calculado R$ 2,9 mil em custos totais do negócio, somando todas as despesas.

Logo, o lucro líquido será de R$ 2,1 mil (R$ 5 mil de faturamento total – R$ 2,9 mil de custos totais).

Veja como fica o cálculo:

  • Margem de lucro líquida = R$ 2.100 ÷ R$ 5.000 x 100
  • Margem de lucro líquida = 0,42 x 100
  • Margem de lucro líquida = 42%

Nesse caso, a margem de lucro líquida seria de 42% — consideravelmente inferior aos 60% da margem bruta, já que leva em conta todos os gastos do negócio.

Leia também: Aprenda calcular o potencial de lucro da sua empresa

Como precificar produtos e serviços com lucro?

Se você quer saber como precificar um produto ou serviço considerando o lucro desejado, confira nossas dicas.

Tenha uma margem de lucro como referência

Antes de adicionar uma margem de lucro ao seu preço de venda, faça uma pesquisa para entender qual o percentual médio praticado no seu mercado.

De modo geral, as empresas do comércio têm margem de lucro entre 10% e 20%, enquanto as empresas de serviços ficam entre 20% e 30%.

Mas esse é apenas um parâmetro médio, pois o percentual varia muito conforme o segmento.

Some todas as despesas

Ao precificar produtos e serviços, você precisa ter clareza dos custos totais do seu negócio.

Para isso, some as despesas fixas (aluguel, DAS MEI, serviços mensais, assinaturas, salários, etc.) e as despesas variáveis (contas de consumo, estoque, comissões, etc.).

O preço de venda deve ser suficiente para cobrir todos esses custos e ainda garantir sua margem de lucro.

Use a técnica de markup

Markup é um índice aplicado sobre o custo unitário de produtos e serviços que ajuda na definição de um preço de venda já com o lucro embutido.

Basicamente, ele representa a diferença percentual entre o custo de um produto e seu preço final.

Para fazer o cálculo, você deve utilizar a seguinte fórmula:

Markup = [(Preço de venda – Custo unitário) ÷ Custo unitário] x 100

Logo, considerando um produto que tem custo total de R$ 50 e é vendido por R$ 70, temos:

  • Markup = [(70 – 50) ÷ 50] x 100
  • Markup = (20 ÷ 50) x 100
  • Markup = 0,4 x 100
  • Markup = 40%

Dicas para aumentar a margem de lucro

Se você quer aumentar sua margem de lucro e ganhar mais, confira nossas sugestões.

Reduza seus custos

O caminho mais eficiente para aumentar a margem de lucro sem mexer nos preços é reduzir seus custos.

Para isso, você pode tentar negociar descontos com fornecedores, economizar recursos como água e energia, comprar produtos mais econômicos para a manutenção da sua loja, buscar um plano mais barato no seu e-commerce, etc.

Aumente o preço de venda

Se não tiver como reduzir custos, você terá que aumentar o preço dos produtos e serviços para elevar sua margem de lucro.

Lembre-se de fazer um comunicado de reajuste de preço aos clientes informando com antecedência o motivo da alta de valores.

Digitalize sua gestão

Se está difícil acompanhar seu fluxo de caixa e calcular a margem de lucro, experimente abrir uma conta digital MEI Fácil por Neon.

Você terá todas as informações financeiras do seu MEI na palma da mão e ainda poderá pagar o DAS facilmente, usar cartão de débito e crédito, enviar sua declaração anual e muito mais.

E se quiser um serviço profissional para ajudar você a aumentar a margem de lucro, conte com a Contabilidade MEI da MEI Fácil por Neon, feita sob medida para sua empresa.

Banner com CTA para abrir conta MEI Fácil

 

Aprendeu como calcular a margem de lucro sendo MEI?

Não vá embora sem se inscrever na TV MEI Fácil e acompanhar as redes sociais para não perder nenhuma novidade: Instagram e Facebook.