Você já atua ou pretende atuar como fotógrafo? Ainda tem dúvidas se fotógrafo pode ser MEI? Vamos te ajudar a esclarecer tudo isso agora!

Para começarmos esse conteúdo sobre sair da informalidade, vamos primeira resposta: sim, fotógrafo pode ser MEI (e deve).

Ao longo desse texto você terá as respostas para as seguintes perguntas:

  • Para abrir MEI, precisa pagar?
  • Quais as vantagens de ter CNPJ MEI?
  • Quais as obrigações do MEI
  • E claro… dicas de como ganhar dinheiro como fotógrafo MEI

Fotógrafo, vamos formalizar de vez?

A primeira grande dúvida que aparece quando o assunto é formalizar o seu trabalho é: “para abrir MEI, precisa pagar?”

E a resposta é: Você consegue abrir sua MEI de graça!

Está lendo esse conteúdo sentado no sofá? Então é desse jeitinho que você vai abrir a sua MEI, fácil assim.

Para abrir MEI de graça, basta baixar o aplicativo MEI Fácil na Play Store ou acessar o site do Governo – Empresas & Negócios para realizar seu cadastro.

Quais as vantagens de ter CNPJ MEI?

Ao optar por sair da informalidade, você passará a ter menos burocracia e impostos e, ainda assim, diversos direitos garantidos.

Benefícios previdenciários? Sendo MEI você terá!

O microempreendedor individual tem acesso aos benefícios do INSS, como salário maternidade, auxílio doença e aposentadoria.

E as vantagens de ter CNPJ MEI não param por aí!

Quais suas obrigações como MEI?

Como um fotógrafo formalizado você terá bem menos obrigações do imagina, acredita?

Ser MEI é bastante simples, e exige apenas que você:

  • Faça o pagamento mensal da DAS (vamos falar mais disso no próximo tópico)
  • Tenha um faturamento limite de R$ 81 mil por ano
  • Tenha no máximo um funcionário
  • Não seja sócio de outra empresa
  • E faça a Declaração Anual MEI (DASN)

DAS e o CNAE Fotografia

O CNAE para fotógrafos é 7420-0/01. Com isso, você consegue atuar em atividades fotográficas que não sejam áereas ou submarinas.

Além disso, você precisará pagar a DAS MEI, o Documento de Arrecadação do Simples Nacional. A DAS MEI é a única guia mensal de recolhimento de imposto que o Microempreendedor Individual é obrigado a pagar.

Sendo fotógrafo, você passará a se encontrar na categoria de Serviços, e por isso sua DAS será o valor do INSS somado ao valor o Imposto sobre Serviços (ISS).

Neste caso, você fica isento do valor do ICMS (Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação).

Com isso, o valor da sua DAS em 2021 será:

  • R$ 55,00 de INSS + R$ 5,00 de ISS = R$ 60,00

Ah, importante! Algumas outras atividades relacionadas a fotografia ganham outros CNAEs:

  • Fotógrafo aéreo – 7420-0/02
  • Fotógrafo submarino – 7420-0/02
  • Revelador fotográfico – 7420-0/03
  • Fotocopiador – 8219-9/01
  • Comerciante de artigos fotográficos e filmagem – 4789-0/08

E caso você queira trabalhar com mais de uma atividade, você pode colocar até 15 CNAEs secundários.

CNAE Principal e Secundário – Por que é vantajoso para o seu negócio?

Das atividades acima, o valor da DAS muda apenas para Comerciante de artigos fotográficos e filmagem, onde não é necessário pagar o ISS, mas é preciso pagar o ICMS. O valor total, em 2021, é R$ 56 (R$55,00 de INSS + R$1,00 de ICMS).

CNAE MEI: Entenda Tudo em 12 Perguntas e Respostas

Como ganhar dinheiro como fotógrafo MEI

Agora que você já decidiu pela formalização, nada mais justo do que compartilharmos algumas dicas de como ganhar dinheiro como fotógrafo MEI.

Bora lá?

Organize seu portfólio: você pode aproveitar bastante das redes sociais, como Instagram e Tiktok para montar o seu e se destacar no mercado

Dê aulas de fotografia: compartilhar todas as técnicas que você aprendeu e te levaram a ser um profissional pode ser uma boa fonte de renda extra. A dica é promover workshop ou aulas online

Vendas suas fotos: bancos de imagens, como Shutterstock, estão dispostos a comprar suas imagens para que outras pessoas usem

Participe de concurso: se você não ganhar, pelo menos terá passado por uma experiência muito diferente. E vai que você ganha?

Trabalhe com edição de fotos: dessa forma você consegue ajudar outras pessoas com suas fotos e ainda desembolsar uma graninha.

Faça um mapa de oportunidades para o seu negócio: dessa forma, você vai conseguir traçar estratégias que vão aumentar – e muito – as suas vendas

Tenha um atendimento diferenciado: assim você conseguirá atingir mais clientes e fidelizar os antigos.

Além disso, separamos mais dicas incríveis de como ganhar dinheiro como fotógrafo neste vídeo aqui:

 

Agora que você tem todas essas respostas, vamos formalizar seu trabalho como fotógrafo?