Como montar uma padaria? Confira um passo a passo completo

6 minutos de leitura
Homem sorrindo oferecendo pão a outra pessoa
Navegue pelo conteúdo

Quer saber como montar uma padaria e realizar o sonho de empreender fazendo algo que gosta? Começar um negócio no mundo da panificação e da confeitaria é bem vantajoso.

Tanto que, de acordo com o Sebrae, no primeiro semestre de 2022, o setor teve a maior alta de formalização em relação aos últimos quatro anos.

É um ramo que sempre terá demanda, afinal, milhões de brasileiros compram pão todos os dias. A cada ano, este segmento gera uma receita de R$ 105 bilhões no país.

Para entender como iniciar um negócio neste nicho, acompanhe as dicas do texto a seguir!

Como montar uma padaria em 4 passos

Antes de mais nada, vamos ver um passo a passo de como montar uma padaria.

1. Plano de negócios

Elaborar um plano de negócios é o primeiro passo para abrir uma padaria — assim como qualquer outro empreendimento.

É nele que você vai estabelecer o capital necessário, o público-alvo, fazer a análise de concorrência e todo o planejamento relacionado ao negócio.

Em geral, este documento contém:

O plano de negócios permite que você já tenha tudo no papel desde o início e, dessa forma, começa as atividades com projeções importantes para viabilizar a empresa.

2. Aspectos legais

Provavelmente você já sabe que, para abrir qualquer negócio, existem certos aspectos legais a considerar.

Você precisará de documentos e de alguns tipos de autorização para formalizar a atividade.

Alguns dos documentos necessários para abrir a padaria são:

  • Alvará de funcionamento obtido na prefeitura municipal, caso não seja MEI;
  • IPTU da propriedade;
  • Contrato de compra e venda ou de locação;
  • Cadastro na Secretaria da Receita Federal (CNPJ);
  • Folha espelho do IRPF;
  • RG e CPF;
  • Licença de autorização da Vigilância Sanitária;
  • Licença do Corpo de Bombeiros Militar.

Se você quer saber como montar uma padaria, é normal ter que lidar com questões burocráticas.

Sobre o alvará, ele serve para autorizar a abertura da empresa de acordo com as regras do município. Dependendo do local, pode ser obrigatório ou não o pagamento de uma taxa para adquirir o documento.

Já a licença da Vigilância Sanitária certifica que o espaço possui condições sanitárias adequadas e de higiene. Afinal, para manipular alimentos, é imprescindível que não haja riscos de contaminação, certo?

Por sua vez, a licença do Corpo de Bombeiros avalia se o local é seguro e se é protegido contra incêndios. Se estiver tudo certo, a prefeitura concederá o “Habite-se”.

Em geral, o processo de formalização pode demorar de 15 a 30 dias.

3. Natureza jurídica

A natureza jurídica tem relação com o tipo de CNPJ que a sua empresa terá. A escolha vai depender, por exemplo, do porte do negócio, da presença ou não de sócios, da quantidade de funcionários, entre outros.

Para quem começa de forma individual e precisa de no máximo um funcionário, adotar o MEI é uma ótima alternativa.

É importante lembrar que o faturamento anual permitido é de até R$ 81 mil por ano para o microempreendedor individual.

Porém, se ao longo do tempo, a sua renda bruta anual com a padaria for maior que esta, terá que fazer o desenquadramento do MEI e optar por outro regime jurídico.

4. Equipamentos

Você quer saber como montar uma padaria, mas está em dúvida sobre os investimentos iniciais? Normalmente, os maiores custos são para aquisição de equipamentos, que serão seu instrumento de trabalho.

Mesmo que você já possua alguns equipamentos, é bem provável que tenha que adquirir outros para iniciar o negócio.

Entre os materiais que poderão entrar para a sua lista, podemos mencionar:

  • Refrigeradores;
  • Câmara de fermentação;
  • Armários;
  • Cilindro;
  • Modeladora;
  • Fatiadeira;
  • Divisora de colunas;
  • Amassadeira industrial;
  • Geladeira;
  • Fornos;
  • Batedeira profissional;
  • Balança digital;
  • Esteiras de pão;
  • Mesa de inox;
  • Formas;
  • Resfriador;
  • Micro-ondas;
  • Liquidificador;
  • Balcões.

Se você é uma pessoa entusiasta da arte culinária, deve ter se empolgado ao ver essa lista. Já imaginou quando seu espaço estiver todo montado e você já puder lucrar com uma atividade promissora?

O investimento para adquirir esses equipamentos pode facilmente ultrapassar os R$ 30 mil. Por isso, é importante que no plano de negócios que apresentamos acima, você já faça uma estimativa de quais equipamentos vai precisar.

Assim, saberá como vai ser o financiamento da atividade, se será necessário economizar para comprar os itens ou se haverá necessidade de pedir um empréstimo.

Quais os principais desafios de montar uma padaria?

Como montar uma padaria é um negócio, é bom lembrar que em todo negócio existe algum risco. Logo, vamos facilitar a sua vida para que você conheça desde já esses desafios.

A primeira questão a observar é a possível oscilação do faturamento, que pode ser causada pela situação econômica do país, por fatores sazonais ou outros motivos.

Por exemplo, em momentos de inflação alta, a tendência é a de que os consumidores comuns reduzam gastos e foquem nos relacionados à subsistência.

No caso da venda dos pães, este é certamente um item que consegue manter bem as vendas mesmo em épocas de crise. No Brasil, dados apontam que 2,3 milhões de brasileiros consomem pães a cada ano, mesmo com a alta dos preços.

Para outros produtos, porém, pode haver alta ou baixa procura no mercado em diferentes períodos, o que varia também de acordo com o público-alvo.

Outra dificuldade que as padarias enfrentam é a concorrência com outros estabelecimentos já consolidados no mercado. Por isso, é importante buscar algo que vai diferenciar o seu negócio dos já atuantes no setor.

E, por fim, como montar uma padaria exige capital, o empreendedor pode se deparar com a necessidade de investir para expandir a empresa. Como regra, pode levar alguns anos para o empreendimento crescer.

Dicas para ter sucesso com a sua padaria

Ter sucesso em uma nova fase da vida profissional é o que todos desejam.

Empreender pode ser emocionante, mas você não deve se deixar levar apenas por fatores emocionais: ter os pés no chão e analisar cenários é bem útil para sua ideia dar certo.

Pensando nisso, vamos dar algumas dicas para sua empresa decolar. Confira:

  • Escolher o nome ideal: ao escolher o nome da marca, opte por um que seja fácil de lembrar e que tenha uma relação com os seus valores;
  • Escolher uma boa localização: é preciso avaliar o fluxo de pessoas no local, porque lugares mais movimentados serão melhores para o seu caixa;
  • Conhecer o público-alvo: você precisa definir o público para criar produtos direcionados, de acordo com gênero, idade, faixa salarial, preferências e outros;
  • Nicho e subnicho: a sua padaria terá o foco em algum subnicho específico? Por exemplo, pães sem glúten, ingredientes veganos ou produtos artesanais? Escolher um subnicho é uma forma de fugir da concorrência;
  • Decoração e ambiente: o espaço será apenas para venda ou as pessoas poderão fazer o consumo no local? Criar um espaço aconchegante com mesas e cadeiras confortáveis, além de uma decoração bem pensada, será um bom diferencial;
  • Atendimento de qualidade: você já deve ter passado pela experiência de não voltar a um estabelecimento após ser mal atendido, não é mesmo? Como montar uma padaria envolve lidar com pessoas, não subestime a capacidade de julgamento de seus clientes e invista no atendimento;
  • Marketing: fazer um bom marketing permitirá o crescimento da empresa, pois a ideia é sempre alcançar mais pessoas;
  • Controle financeiro: mantenha o fluxo de caixa organizado para ter na ponta do lápis todas as receitas e despesas;
  • Diversificar o cardápio: na sua padaria, você certamente vai vender pães, mas há outros produtos que podem fazer parte da esteira e contribuir para aumentar as vendas;
  • Fazer cursos e especializações: investir em conhecimento é essencial para entregar produtos de qualidade e conquistar a confiança dos clientes;
  • Delivery: as empresas que desejam se destacar investem na entrega de alimentos. Se você for MEI pode se cadastrar no iFood, por exemplo;
  • Contratar bons fornecedores: para produzir alimentos de qualidade e dentro dos prazos, é importante contar com bons fornecedores.

Posso montar uma padaria pelo MEI?

Sim, é possível ter uma padaria pelo MEI. É uma opção interessante para quem está começando.

Os CNAEs permitidos são os seguintes:

  • 1091-1/02: Fabricação de produtos de padaria e confeitaria com predominância de produção própria;
  • 1091-1/01: Fabricação de produtos de panificação industrial;
  • 4721-1/02: Padarias e confeitarias com predominância de revenda;
  • 1092-9/00: Fabricação de biscoitos e bolachas;
  • 1094-5/00: Fabricação de massas alimentícias;
  • 1062-7/00: Moagem de trigo e fabricação de derivados.

Vale lembrar que você pode escolher uma atividade principal e até 15 secundárias.

Como abrir um MEI de padaria?

Para abrir um MEI e se formalizar trabalhando com padaria, os passos são os seguintes:

Faça o cadastro no gov.br

O primeiro passo é criar uma conta gov.br, caso você ainda não tenha.

Para isso, no canto superior direito da tela, clique em Entrar em Gov.br.

O cadastro é bem simples, basta informar seus dados.

Crie uma conta no Portal do Empreendedor

Nessa etapa, você deve acessar o site Portal do Empreendedor.

Será necessário fornecer informações sobre o recibo do Imposto de Renda atual, além dos documentos a seguir:

  • Documentos de identificação, como RG, CPF e CNH;
  • PIS;
  • Título de Eleitor.

Escolha as atividades e o nome fantasia

Agora, você vai apresentar dados referentes à empresa que deseja abrir. As atividades são elencadas em CNAEs específicos, como os que já mencionamos anteriormente.

Quanto ao nome fantasia, você pode verificar no INPI se está disponível, caso queira fazer o registro de marca.

Emita o CCMEI

O CCMEI é um certificado que garante a regularidade da empresa e você pode obtê-lo na Junta Comercial do estado.

O MEI, diferentemente de outros tipos de CNPJ, não precisa de um alvará de funcionamento, mas é preciso ter o CCMEI para legalizar a empresa.

A emissão do certificado também é feita no Portal do Empreendedor.

Por fim, se você deseja encurtar o passo a passo para formalizar a sua padaria, abra seu MEI com a MEI Fácil por Neon em poucos minutos!

Banner com CTA para abrir a conta MEI Fácil por Neon

Agora você já sabe como montar uma padaria!

Continue acompanhando o nosso blog, inscreva-se também na TV MEI Fácil e siga as redes sociais para não perder nenhuma novidade: Instagram e Facebook.

O que você achou deste artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Tags:
Vale a pena ler