Se você está se perguntando como receber pelo Pix, já tem uma boa noção de que essa modalidade de pagamento traz diversas vantagens, não é mesmo?

Para quem tem um negócio, o principal benefício talvez seja cobrar o cliente usando o meio que ele prefere pagar.

Segundo dados da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), mais de 70% dos brasileiros já usam o Pix.

Nesse cenário, seja você um vendedor de produtos ou prestador de serviços, não dá para abrir mão do pagamento instantâneo no seu negócio.

Entenda como ao longo deste texto e confira mais dicas sobre o uso do Pix por empresas.

Como receber pelo Pix?

Sem perder tempo, vamos explicar agora como receber pelo Pix, listando as opções e tudo o que o seu negócio precisa para oferecer essa forma de pagamento aos clientes.

E a primeira dica é baixar o aplicativo MEI Fácil por Neon, que permite a você fazer tudo de forma fácil e rápida em sua conta digital.

Já conectado? Então, veja quais são as etapas para cobrar pelo Pix!

1. Chaves Pix

Assim como você faz em transações como pessoa física, basta informar a chave Pix da sua empresa MEI aos clientes.

Você só precisa cadastrar a chave que deseja usar (CNPJ, e-mail ou telefone) e utilizar como Pix cobrança.

Se preferir, também é possível cadastrar e usar uma chave aleatória, que nada mais é do que uma sequência única de números e letras que serve para identificar a sua conta.

Para garantir o recebimento, lembre seus clientes sobre a importância de conferir os dados antes de confirmar a transferência.

Ao utilizar uma conta PJ, o nome da sua empresa deve aparecer na transação, o que gera mais credibilidade e segurança.

2. Dados da conta

Mesmo sem acesso às suas chaves, o cliente pode pagar você pelo Pix. Para isso, é necessário informar a ele seus dados bancários, assim como faria em uma transferência do tipo TED ou DOC.

A principal diferença é o tempo de processamento, que no Pix acontece em até 10 segundos apenas.

De modo geral, as informações que devem ser compartilhadas para receber pelo Pix são:

  • CNPJ do destinatário (ou CPF se você utilizar sua conta de pessoa física);
  • O nome de quem vai receber o pagamento (sua razão social);
  • O nome do banco;
  • Os números da agência e da conta;
  • Tipo de conta (corrente ou poupança).

3. QR code

Receber pelo Pix também é possível pelo QR code, uma imagem que fornece um código exclusivo de acesso para transferir recursos para sua conta.

Para cobrar os clientes com QR code, você precisa criá-lo e, em seguida, compartilhar a imagem em seus canais de comunicação: e-mail, redes sociais, WhatsApp ou em um display no caixa (no caso de loja física).

Em seguida, o cliente usa o celular para fazer a leitura do QR code diretamente do aplicativo do seu banco. Então, confere os dados, insere o valor devido e pronto.

Veja como é fácil criar seu QR code no app MEI Fácil por Neon:

  • Acesse a área “Pix” no app MEI Fácil por Neon;
  • Selecione a opção “Receber”;
  • Escolha a chave Pix ou cadastre uma nova;
  • Envie a imagem gerada para o cliente.

São opcionais os campos relacionados à identificação do pagamento, valores e descrição do serviço.

Caso necessite fazer o controle dos recebimentos, é importante preencher todos os campos.

4. Copia e Cola

A modalidade do Copia e Cola é mais uma opção para receber pelo Pix. Ela é perfeita para aqueles clientes que não conseguem (ou não querem) escanear o QR code.

De forma resumida, essa função possibilita que você gere um código a partir dos dados contidos no QR code. Para isso, você precisa gerar um QR code no aplicativo e copiar o código Pix.

Após, é só enviar para o cliente via e-mail ou WhatsApp. Então, ele copia e cola os códigos na área de pagamentos Pix do seu app bancário.

Essa é uma modalidade de pagamentos que tem crescido nos últimos tempos, em especial para os negócios que trabalham com vendas pela internet.

Quanto custa receber pelo Pix?

Se você usa o Pix, deve saber que ele é gratuito para pessoas físicas. Porém, existe a possibilidade de cobrança do Pix no caso do uso por empresas.

Segundo as regras do Banco Central, cada instituição financeira pode definir se cobra pelo Pix ou não, embora se entenda que microempreendedores individuais não devam ser taxados em transações do tipo.

Ainda assim, vale observar com atenção e se informar se o seu banco estabelece algum tipo de taxa. Se isso acontecer, faça a portabilidade da chave Pix para uma opção gratuita, como a conta digital MEI Fácil por Neon.

Quem pesquisa e compara toma decisões mais inteligentes e foge de custos desnecessários.

Vale a pena receber pelo Pix?

Quando falamos das diferentes formas de pagamento que o empreendedor pode oferecer no negócio, as mais tradicionais são:

Com a chegada do Pix, elas continuam existindo e, com certeza, ainda desempenham um papel importante nas vendas do MEI.

Afinal, quanto mais opções de pagamento a empresa oferece, maiores são as chances de vender mais! Por isso, o Pix chegou com o objetivo de agregar e facilitar a vida do MEI.

O meio de pagamento instantâneo não substitui nem exclui os já existentes, mas foi lançado com a proposta de aumentar o leque de opções de pagamento das empresas.

E a ótima notícia é que o Pix possui grandes vantagens e foi desenvolvido para transformar a maneira como as pessoas e empresas movimentam dinheiro!

No caso das empresas, ao vender com Pix:

  • O dinheiro cai em até 10 segundos na conta da MEI;
  • Não é preciso se preocupar em andar com dinheiro vivo ou ter troco para os clientes;
  • Você pode vender online e receber via Pix;
  • Basta cadastrar uma chave Pix (CNPJ MEI, número do celular, e-mail ou chave aleatória) e você já pode faturar mais;
  • Se você trabalha com mais de um produto, basta cadastrar uma chave para cada um e então controlar o quanto vende de cada. Ou seja, o vender com Pix te ajuda a controlar o caixa da empresa.

Aliás, falando em finanças, aproveite e baixe agora mesmo a planilha de controle financeiro do MEI. É 100% grátis e irá te ajudar a manter o seu negócio saudável!

planilha de gastos para MEI

Leia também: Golpes com Pix: veja como evitar fraudes e não sair no prejuízo

Afinal, é melhor vender com Pix, TED ou boleto?

Como comentamos acima, um meio de pagamento não exclui o outro, pois eles possuem suas vantagens e características individuais.

Mas, para facilitar o entendimento sobre o Pix e o modo como ele se diferencia das opções mais “antigas” no mercado, fizemos um comparativo entre Pix, TED e boleto.

Para isso, selecionamos as características dos produtos oferecidos pela MEI Fácil por Neon, a conta digital grátis feita para o microempreendedor individual.

Confira.

Como funciona o TED?

Veja como funciona a transferência TED:

  • Para quem vai comprar (enviar): é necessário informar os dados do recebedor (banco, número da agência, número da conta e CNPJ da MEI);
  • Para quem vai vender (receber): quando feito entre 7h30 e 16 horas, em dias úteis, cai no mesmo dia. Caso contrário, cairá no próximo dia útil;
  • Disponibilidade do produto: apenas em dias úteis, das 7h30 às 16 horas;
  • Tarifas na MEI Fácil: 100% grátis;
  • Valores pode transação: para recebimentos não possui limite. Para envio, o valor máximo é de R$ 10 mil. Para alterar este valor, basta solicitar no atendimento.

Como funciona o boleto de cobrança?

Quer cobrar por boleto? Veja como funciona:

  • Para quem vai comprar (enviar): o pagamento pode ser feito pela internet, em casas lotéricas, banco parceiro, entre outras instituições conveniadas;
  • Para quem vai vender (receber): após o pagamento, o tempo de compensação bancária é de até três dias;
  • Disponibilidade do produto: o boleto de cobrança pode ser emitido todos os dias;
  • Tarifas na MEI Fácil: 100% grátis;
  • Valores pode transação: o limite é de R$ 8 mil.

Confira um conteúdo completo sobre o boleto de cobrança.

Como funciona o boleto de cobrança parcelado?

Na MEI Fácil por Neon, o microempreendedor pode emitir o boleto de cobrança parcelado em até 12 vezes.

Veja como funciona:

  • Para quem vai comprar (enviar): o pagamento pode ser feito pela internet, em casas lotéricas, banco parceiro, entre outras instituições conveniadas;
  • Para quem vai vender (receber): após o pagamento, o tempo de compensação bancária é de até três dias;
  • Disponibilidade do produto: o boleto de cobrança pode ser emitido todos os dias;
  • Tarifas na MEI Fácil: 100% grátis;
  • Valores pode transação: o limite é de R$ 8 mil e cada boleto deve ter um valor mínimo de R$ 10.

Saiba mais sobre como vender com o boleto de cobrança parcelado.

Como funciona o Pix?

Agora, vamos falar sobre Pix. Veja como funciona:

  • Para quem vai comprar (enviar): basta ter a chave do vendedor (cadastrada ou aleatória);
  • Para quem vai vender (receber): em até 10 segundos, o dinheiro cai na conta do MEI;
  • Disponibilidade do produto: todos os dias da semana, incluindo sábado e domingo, 24 horas por dia;
  • Tarifas na MEI Fácil: 100% grátis;
  • Valores pode transação: para recebimentos, não há limite. Para envio, o valor máximo é de R$ 10 mil. Caso queira alterar este valor, basta solicitar no atendimento.

Para facilitar ainda mais sua vida, confira um quadro resumo com a comparação que você acabou de ver:

Quadro comparativo com os meios de pagamento que o MEI pode usar

Comparativo: Pix, TED e boleto

Comece a receber pelo Pix agora mesmo!

Como você deve ter percebido acima, cada forma de pagamento possui suas características.

No entanto, é importante destacar a rapidez e disponibilidade do Pix — em até 10 segundos o dinheiro está na conta da empresa, sendo possível realizar transferências todos os dias da semana, em qualquer horário.

E aí, decidiu se vale a pena vender com Pix na sua MEI?

Olhe o comparativo novamente, entenda como o Pix pode se encaixar nas vendas da sua empresa e conte com a gente para fazer o seu negócio crescer!

Já conhece a MEI Fácil por Neon?

Se você ainda não tem sua conta MEI Fácil por Neon, que tal abrir uma e aproveitar todos os benefícios que ela tem a oferecer?

Com a nossa conta, você tem acesso aos serviços dos bancos tradicionais, mas de forma digital e sem qualquer custo nas transações diárias.

Você pode vender e pagar contas com Pix, pedir o cartão de crédito MEI Fácil e gerar boletos de cobrança, essenciais para o sucesso de uma empresa MEI.

E mais: com a conta MEI Fácil, é possível pagar fornecedores, receber de clientes e realizar transferências, tudo em um só lugar.

Para facilitar ainda mais a organização financeira da sua empresa, também tem maior controle sobre os seus gastos por meio da emissão de extratos e do registro do dinheiro que sai diretamente no aplicativo, evitando surpresas no fim do mês.

Não perca tempo, abra a sua conta MEI Fácil por Neon agora mesmo!

Banner com CTA para abrir a conta MEI Fácil por Neon

Inscreva-se também na TV MEI Fácil e acompanhe as redes sociais para não perder nenhuma novidade: Instagram e Facebook.