Você já sabe o que vender na internet para começar no empreendedorismo digital?

À primeira vista, é difícil escolher entre tantos produtos e serviços que podem ser comercializados pela internet.

Por isso, vamos ajudar você com uma lista de itens mais vendidos e ideias para começar seu negócio no e-commerce.

Confira os tópicos abaixo, continue a leitura e aproveite o crescimento do comércio eletrônico para empreender na sua casa.

O que vender na internet para ganhar dinheiro?

Entender o que vender na internet é o primeiro passo para começar um negócio digital e ganhar dinheiro sem sair de casa.

Hoje, 81% da população brasileira já tem acesso à internet e boa parte faz compras em sites e apps regularmente.

Essa digitalização do mercado favoreceu o empreendedorismo, pois é muito mais fácil e barato começar a vender online, sem ter custos com locação de espaço, contratações, mobília e outros gastos comuns de uma loja física.

Basta ter uma conexão com a internet, um espaço para armazenar produtos e um canal de vendas, que pode ser um site próprio, um marketplace ou até mesmo as redes sociais.

Além disso, o e-commerce cresceu 26,9% e faturou R$ 161 bilhões em 2021, segundo dados da Neotrust.

Logo, essa é uma tendência que veio para ficar e uma ótima oportunidade para você abrir seu próprio negócio.

Aproveite e veja 25 ideias do que vender para ganhar dinheiro.

Confira 50 ideias para vender na internet

Se você quer ideias de produtos para vender na internet, vai gostar da nossa seleção com nada menos do que 50 opções.

Confira.

1. Roupas femininas

Vender roupas femininas é garantia de lucro na internet, pois a categoria sempre está entre as mais buscadas pelos consumidores.

Inclusive, moda é a categoria que mais cresce no e-commerce, com mais de 9 milhões de pedidos no país, segundo dados do Melhor Envio publicados na Exame.

Confira 9 dicas de como abrir uma loja de roupas e vender muito mais.

2. Celulares

Os celulares estão sempre em alta, já que a troca de aparelho é inevitável em diversos momentos.

Você pode revender smartphones novos ou apostar no mercado de usados, que vem crescendo com a crise.

3. Acessórios para celular

Como existem mais de 242 milhões de celulares no Brasil, é natural que as pessoas procurem acessórios para comprar na internet.

Os mais vendidos são as famosas capinhas de celular criativas e personalizadas, além de carregadores, lentes fotográficas e suportes.

4. Roupas para bebês

Quem pensa em coisas para vender na internet precisa se lembrar do mercado lucrativo de moda infantil.

No caso, as roupas para bebês sempre fazem sucesso com os pais e familiares.

Veja como montar uma loja de artigos para bebês.

5. Roupas fitness

O mercado fitness voltou a crescer no Brasil e aumentou a demanda por roupas voltadas à atividade física.

Logo, vale muito a pena abrir uma loja virtual para vender leggings, macacões, bermudas, shorts, meias e conjuntos para usar na academia.

6. Ring light

O ring light, aquele acessório de iluminação em formato circular para usar em volta do celular, tornou-se um item quase obrigatório na era digital, seja para gravar vídeos e tirar fotos de produtos ou aparecer bem na reunião virtual.

Hoje, existem vários modelos do anel de LED que podem ser vendidos online para melhorar a iluminação de fotos, vídeos e lives.

7. Lingerie

A moda íntima movimentou US$ 13,2 bilhões durante a pandemia e se tornou um dos maiores mercados online.

Você pode vender as tradicionais lingeries sensuais e também modelos mais confortáveis, tamanhos plus size e incluir moda íntima masculina.

8. Máquina de cortar cabelo

Navegando por marketplaces famosos como Mercado Livre e Shopee, você vai se deparar com vários anúncios de máquinas de cortar cabelo entre os produtos mais vendidos.

Então, por que não vender esse aparelho de cuidados pessoais pela internet também?

9. Calçados

Os calçados sempre são destaque nas lojas virtuais, especialmente tênis esportivos, chinelos e sapatos sociais.

Você pode mirar no público feminino, masculino ou infantil — ou oferecer todos os tipos na mesma loja.

10. Produtos naturais

As pessoas estão cada vez mais preocupadas com a saúde e o aumento da procura por produtos naturais reflete essa tendência.

Fazem sucesso os empórios online que vendem cereais, grãos, oleaginosas, chás, produtos veganos, óleos, etc.

Confira aqui 8 dicas para montar uma loja de produtos naturais.

11. Cervejas e vinhos

Já pensou em abrir uma pequena adega para vender cervejas e vinhos?

A categoria de bebidas alcoólicas foi um grande destaque no e-commerce em 2021 e torna esse negócio promissor.

12. Artesanato

Se você faz crochê, pintura, macramê e qualquer produto artesanal, essa é a hora de começar a vender online.

Afinal, as pessoas adoram itens exclusivos e feitos à mão.

Veja 7 dicas de como vender artesanato na internet.

13. Fone de ouvido

Os fones de ouvido sem fio e com bluetooth são campeões de vendas nos marketplaces.

Se você está pensando no que vender para ganhar dinheiro extra, pode apostar nesses produtos.

14. Relógios e smartwatches

Outro produto que faz sucesso na internet é o relógio ou smartwatch.

Cada vez mais as pessoas buscam itens “vestíveis” com funções inteligentes como notificações, NFC e GPS.

15. TV Box

O TV Box é um aparelho que transforma qualquer TV em uma smart TV.

Novos modelos surgem a todo momento no mercado e tornam esse produto um bom investimento para vender online.

16. Perfumes

Perfumes continuam tendo seu espaço cativo nos carrinhos dos clientes.

Se for vender, dê preferência aos importados que já são conhecidos e mais fáceis de comercializar pela internet.

17. Cosméticos

O Brasil é o terceiro maior mercado de cosméticos do mundo, segundo dados da Technavio publicados pelo Sebrae.

Por isso, você pode faturar alto vendendo hidratantes faciais e corporais, shampoos e condicionadores, géis de limpeza, esfoliantes, entre outros itens.

18. Bijuterias

Vender bijuterias online é outra ideia promissora para lucrar na internet.

Você pode revender itens de um fabricante ou produzir suas próprias peças.

Leia também: Como fazer bijuterias? Esse profissional pode ser MEI?

19. Bolsas e mochilas

Bolsas e mochilas compõem um mercado amplo de acessórios para todas as ocasiões.

É possível vender mochilas para estudantes, mochilas esportivas, maletas corporativas, bolsas femininas, etc.

20. Camisetas personalizadas

Existem várias lojas online de camisetas personalizadas consagradas, mas é um mercado com espaço para crescer.

O segredo é selecionar um tema exclusivo, como estampas do universo geek, bandas, desenhos abstratos, mensagens de ativismo, entre outros.

21. Tapetes

Tapetes estão sempre no topo dos produtos vendidos em marketplaces.

Logo, é uma ideia para trabalhar com itens de casa e decoração na sua loja virtual.

22. Utensílios de cozinha

Por mais utensílios que uma cozinha tenha, sempre falta algo para tornar o dia a dia mais prático.

Então, pode ter certeza de que você venderá muito se tiver uma loja virtual que oferece talheres, mini processadores, louças e utilidades em geral.

23. Maquiagem

As marcas de maquiagem se multiplicaram no mercado e trouxeram novas oportunidades de negócios.

A dica é focar em linhas de produtos para nichos específicos, como maquiagem com produtos naturais, vegana ou voltada ao público jovem.

24. Acessórios para pets

O Brasil é o segundo maior mercado pet do mundo e você tem que aproveitar esse cenário.

Como já existe muita concorrência com rações, você pode vender acessórios diferenciados como brinquedos, roupinhas e itens de higiene.

25. Suplementos

O mercado de suplementos disparou e já tem opções para todos os gostos e objetivos.

Então, que tal vender whey protein, cápsulas de ativos vegetais, vitaminas e outros itens fitness e de cuidado com a saúde?

26. Artigos religiosos

O mercado da fé é muito amplo e sobrevive a qualquer crise.

Para lucrar sempre, você pode ter uma loja de produtos cristãos, artigos de umbanda ou produtos místicos, por exemplo.

27. Jogos

O mercado de games brasileiro já fatura US$ 2,3 bilhões ao ano e segue crescendo.

Então, a ideia é vender consoles, jogos e acessórios como fones de ouvido e teclados.

28. Brinquedos

A indústria brasileira de brinquedos fatura R$ 7,8 bilhões ao ano e tem ótimas perspectivas de crescimento.

Para atuar nesse ramo, é importante ficar ligado em tendências como bonecos de séries atuais e brinquedos montessorianos.

29. Instrumentos musicais

O mercado de instrumentos musicais é interessante porque tem um ticket médio alto.

Para entrar nesse ramo, você pode vender instrumentos e também acessórios como palhetas, cases, bancos de bateria, etc.

30. Acessórios para automóveis

Os acessórios para automóveis são inúmeros: itens de som, iluminação, adesivos, antenas, lixinhos, suportes de celular, carregadores, películas, etc.

Então, vale a pena investir nesse mercado e abrir um e-commerce.

31. Quadros e posters

Na área de decoração, os quadros e posters estão em alta.

A dica é oferecer uma coleção própria com artes temáticas e também produtos personalizados.

32. Ferramentas

Os kits de ferramentas continuam tendo seu lugar dentro dos lares brasileiros.

Hoje, você tem diversas opções para todas as necessidades, além de muitos fornecedores para montar sua loja online.

33. Luminárias

Quem não gosta de uma luminária para trazer mais vida aos ambientes?

Você pode vender abajures, luminárias de mesa, arandelas, leds e muito mais pela internet.

34. Itens de jardinagem

As plantas caíram no gosto dos brasileiros, mesmo dos que moram em apartamentos.

Por isso, itens como adubos, pás, mudas, sementes e vasos estão vendendo muito na internet.

35. Velas aromáticas

A vela aromática tem o poder de contagiar o ambiente e trazer conforto e relaxamento.

Além disso, por ser um produto artesanal, pode ser vendida facilmente na internet com uma marca própria.

36. Acessórios para cabelo

As novas tendências de moda trouxeram vários acessórios para cabelo, como grampos, faixas e scrunchies (elásticos com tecido).

É outro exemplo de produto que pode ser personalizado, feito artesanalmente e vendido online.

37. Artigos de festa

Com o retorno das confraternizações presenciais, os artigos de festa estão em alta.

Você pode vender lembrancinhas, balões, sacolinhas, cortinas, enfeites de personagens e muito mais.

38. Snacks

Muitas pessoas compram snacks (lanchinhos) pela internet, principalmente produtos importados.

Recentemente, salgadinhos e miojos orientais se tornaram uma febre entre os jovens.

39. Caixas de som

Ao lado dos fones de ouvido, as caixas de som portáteis também são fenômenos de vendas online.

Vale oferecer modelos variados, como aqueles à prova d’água e com alta potência.

40. Drones

Os drones controlados à distância se tornaram uma ótima opção de entretenimento.

Hoje existem modelos simples que custam pouco mais de R$ 100, favorecendo a venda do equipamento online.

41. Livros

O mercado de livros cresceu quase 40% no país.

Assim, você pode ganhar dinheiro vendendo livros novos ou usados (ou mesmo ebooks) pela internet.

42. Móveis

Os móveis exigem um pouco mais de estrutura para serem vendidos online, mas são uma ótima aposta.

A dica é investir em móveis usados ou sob encomenda, que fazem sucesso na web.

43. Itens de escritório

Com o crescimento do home office, aumentou a demanda por itens de escritório no mercado B2C.

Logo, a ideia é vender cadeiras, mesas, gaveteiros, organizadores, suportes para notebook, agendas, decorações e outros itens indispensáveis.

44. Óculos de sol

Vender óculos de sol pela internet é sempre uma boa pedida.

Com fotos de qualidade, você consegue comercializar vários modelos e atingir públicos diferentes.

45. Acessórios de informática

Na sociedade digitalizada, as vendas de acessórios de informática não param de subir.

Os produtos mais vendidos são mouses, cases, suportes para pés, protetores de webcam, teclados, fontes, cabos e mouse pads.

46. Antiguidades

Os colecionadores e amantes de antiguidades compram muito pela internet e podem ser seu público-alvo.

Entre os produtos que podem ser vendidos, estão cédulas e moedas, itens militares, esculturas e colecionáveis em geral.

47. Serviços criativos

Profissionais que prestam serviços criativos podem lucrar muito oferecendo seu trabalho na internet.

É o caso de designers, web designers e redatores, por exemplo.

48. Serviços profissionais

Há uma infinidade de serviços profissionais que você pode oferecer pela internet para ganhar uma renda extra.

Você pode gerenciar mídias sociais de uma marca, traduzir e revisar textos, editar vídeos, fazer videochamadas para entreter crianças, etc.

Veja 20 dicas de como ter uma renda extra sendo MEI.

49. Infoprodutos

Vender infoprodutos é uma ótima forma de ganhar dinheiro online com conteúdo próprio.

Entre os mais populares estão cursos online, ebooks, infográficos e planilhas.

50. Aulas online

Por fim, se você tem um conhecimento valioso, pode ganhar dinheiro com ele dando aulas online.

É possível lecionar idiomas, dar aulas de reforço escolar, ensinar instrumentos musicais e muito mais.

Como promover seus produtos e serviços na internet?

Agora que você tem ideia do que vender na internet, confira dicas para promover seu negócio online:

  • Tenha uma loja virtual otimizada para SEO (Search Engine Optimization). Desse modo, você aparece em destaque nos resultados do Google quando clientes procuram por palavras-chave relacionadas ao seu negócio;
  • Invista em marketing de conteúdo, atraindo clientes com conteúdo relevante no seu site, no seu blog e em redes sociais;
  • Faça anúncios patrocinados no Google e nas principais redes sociais, como Facebook e Instagram.

Como abrir um negócio para vender pela internet?

Para abrir um negócio e vender na internet, siga os passos abaixo:

  1. Escolha o produto que quer vender;
  2. Direcione para um público-alvo específico;
  3. Crie um plano de negócio;
  4. Abra um MEI gratuitamente para formalizar seu negócio;
  5. Escolha uma plataforma de e-commerce para criar uma loja virtual ou cadastre-se como vendedor em um marketplace como Mercado Livre, Shopee ou Amazon;
  6. Use ferramentas de gestão para cuidar da sua empresa e crescer.

 

Entendeu o que vender na internet para começar seu negócio? Aproveite e abra a sua MEI agora mesmo para entrar no mundo do e-commerce.

Inscreva-se também na TV MEI Fácil e acompanhe as redes sociais para não perder nenhuma novidade: Instagram e Facebook.