Para alinhar empreendedorismo e inovação é preciso ser gênio da tecnologia e inventor? Claro que não, saiba que a realidade é muito mais simples.

A verdade é que a inovação está ao alcance de todos, das microempresas às grandes corporações. Para colocá-la em prática, você só precisa aprender a transformar ideias em soluções de valor, que de fato resolvam problemas e mudem perspectivas.

Quer entender melhor como funciona e o que você ganha com isso? Continue lendo e descubra como alinhar o empreendedorismo e inovação:

Boa leitura!

O que é empreendedorismo inovador

Antes, vamos falar sobre o que é inovação?

Inovação é criar algo que tenha funcionalidade e que seja novidade no mercado. Buscar inovar no seu negócio significa estar atento as novidades e tendências, buscar manter sua marca sempre em movimento, e assim por diante.

Partindo disso, o que é empreendedorismo inovador?

Além de administração do negócio, o empreendedorismo inovador também traz a necessidade de não permanecer no mesmo lugar.

Em poucas palavras, inovar nos negócios significa lançar um produto ou processo novo no mercado, seja inventando ou reinventando.

Ou seja: converter aquela ideia promissora em valor — para os clientes e para a organização.

O que é ser um empreendedor inovador

Ter essa dúvida “o que é ser um empreendedor inovador” é o primeiro passo para transformar ideias em soluções lucrativas na sua empresa e ser um empreendedor de sucesso.

Quem deseja ser um empreendedor inovador precisa saber estará sempre observando problemas e buscando soluções criativas e inovadoras para cada situação.

Diferente do que muitos pensam, você não precisa criar algo do zero, lançar um produto milagroso ou usar tecnologia de ponta para ser considerado inovador. Pequenos passos já te destacam da concorrência.

A característica do empreendedorismo e inovação está muito mais ligada à capacidade de solucionar problemas sob um novo ponto de vista, tornando suas ideias viáveis economicamente.

Sua inovação pode estar em uma versão diferenciada de um produto que já existe, em um processo de negócio que reduz custos de forma inédita ou uma nova maneira de se relacionar com o cliente — exemplo de empreendedorismo inovador.

O importante é explorar essa ideia do jeito certo, causando um impacto único no mercado.

Pense em uma empresa como a Apple, considerada líder global de inovação.

Produtos revolucionários como iPod e iPhone não foram os primeiros de sua categoria, por exemplo, mas mudaram totalmente os hábitos do consumidor e reinventaram a forma de ouvir música e lidar com um smartphone.

Nas palavras do próprio Tim Cook, CEO da Apple, em entrevista à Fast Company:

“O que nos motiva a criar novos produtos é dar às pessoas a habilidade de fazer coisas que antes eram impossíveis. Muitos dos nossos produtos não foram os pioneiros, mas foram os primeiros realmente modernos, certo?”

Então, tenha em mente que um empreendedor inovador é aquele que cria soluções simples e eficientes, que atendem às necessidades dos clientes como nenhuma outra foi capaz.

Exemplo de empreendedorismo inovador

O principal motivo para alinhar o empreendedorismo e inovação é garantir a sobrevivência e crescimento da sua empresa em um cenário de mudanças rápidas.

Para entender o diferencial competitivo da inovação, vamos conferir os top 10 do ranking The Most Innovative Companies 2021 da consultoria americana Boston Consulting Group (BCG):

  1. Apple
  2. Alphabet
  3. Amazon
  4. Microsoft
  5. Tesla
  6. Samsung
  7. IBM
  8. Huawei
  9. Sony
  10. Pfizer

Não surpreende que as empresas mais visionárias estejam na lista, certo?

Já no Brasil, pelo Prêmio Valor Inovação Brasil de 2021, a lista foi:

  1. Embraer
  2. WEG
  3. Nestlé Brasil Ltda
  4. Vale
  5. Petrobras
  6. Einstein
  7. Bosch
  8. Mercado Livre
  9. Natura
  10. IBM Brasil

Para o empreendedor, ser inovador não é somente um atalho para o crescimento, mas também uma questão de sobrevivência.

Como trazer o empreendedorismo e inovação para minha MEI?

A lista acima não foi para te assustar, mas, sim, para te manter inspirado e motivado sobre as possibilidades do empreendedorismo inovador. Inclusive, aproveite e leia biografias de empreendedores que vão te inspirar!

Agora, como trazer o empreendedorismo e a inovação para sua microempresa individual?

Vamos imaginar que você tenha um petshop. De repente, durante os atendimentos aos clientes, você percebe que eles estão com dificuldade de levar seus animais para passear. Será que essa não é uma oportunidade para você ter um serviço novo?

Outro exemplo de empreendedorismo inovador.

Você trabalha com artigos para bebê, e resolve fazer caixa de assinaturas mensais com produtos básicos e novidades para as mamães. Aposto que elas vão amar, não é mesmo?

E assim por diante!

Lembre-se que é preciso unir empreendedorismo, criatividade e inovação, e logo você terá uma novidade lucrativa para sua MEI.

Como alinhar empreendedorismo e inovação

Agora que você entendeu o que é ser um empreendedor inovador, vamos ao passo a passo para colocar o conceito em prática.

Confira nossas dicas para micro, pequenas e médias empresas.

1. Simplifique seu conceito de inovação

O primeiro passo para inovar na sua empresa é simplificar o conceito e começar do básico.

Como vimos, as melhores ideias podem ser muito simples: basta ter criatividade para chegar a elas e a inteligência para torná-las viáveis — e lucrativas.

Por exemplo, uma nova forma de empacotar um produto que corte gastos logísticos já é uma inovação, assim como uma estratégia de marketing inédita.

2. Inclua a inovação nas suas metas

Outro passo importante é incluir a inovação no seu plano de negócios.

Para isso, você deve criar metas específicas para melhorias de produtos e processos e incorporá-las aos seus objetivos.

Por exemplo, você pode acrescentar uma meta de utilizar um novo canal de comunicação com o cliente no seu plano de marketing.

Veja como fazer um planejamento de metas para o ano novo

3. Envolva seus clientes

Um empreendedor inovador deve contar com o feedback dos seus clientes para destravar as melhores soluções.

Afinal, nada melhor do que receber insights diretamente do seu público, dando vazão às ideias inovadoras para solucionar problemas.

Responder as críticas dos seus clientes é positivo tanto para o seu atendimento, quanto para oportunidades de empreendedorismo inovador.

Por isso, aposte em pesquisas constantes, conversas produtivas e um relacionamento próximo com seus clientes, que permitam coletar suas impressões e opiniões.

Nada de esquecer do cliente no pós-venda!

4. Crie um programa de inovação

MEI, você tem um funcionário? Internamente, você pode criar um programa que incentiva e recompensa a inovação.

Assim, seu colaborador ficará motivado a contribuir com ideias e projetos criativos, agregando o novo à cultura da empresa.

Lembrando que há um projeto de lei que estuda aumentar o número de funcionários MEI e também o valor do limite de faturamento.

5. Invista em novas tecnologias

Para se tornar um empreendedor inovador, você vai precisar de boas ferramentas digitais para colocar suas ideias em prática.

Comece por ferramentas de gestão, como gerenciador de redes sociais e uma plataforma de gestão de tarefas.

Ou quem sabe implementar uma ferramenta de BI (Business Intelligence, na sigla em inglês) para tomar decisões mais certeiras com o poder dos dados?

As possibilidades são inúmeras: cabe a você montar seu kit de ferramentas e usar a tecnologia para inovar com mais agilidade e eficiência.

6. Fique por dentro das tendências

Como inovar sem saber das novidades do mundo? Por isso:

  • Leia blogs, como o Blog da MEI Fácil, sites de notícias, sornais impressos, revistas e livros de empreendedorismo
  • Faça networking com outros empreendedores
  • Converse com seus clientes e entenda quais são as dores deles, entenda a fundo quem é o seu público-alvo e como você pode ajudá-lo
  • Participe de palestras e eventos, sejam eles da sua área de atuação ou não
  • E assim por diante!

Inclusive esses são hábitos de sucesso de empreendedores, vai deixar de implementar no seu dia a dia?

 

Entendeu por que inovar também é sinônimo de simplificar?

Agora é com você: aplique o que aprendeu no seu negócio e dê seus primeiros passos na jornada de empreendedorismo e inovação.