O limite de faturamento MEI é um assunto que precisa ser levado com atenção durante toda a jornada do microempreendedor individual. Hoje, o valor máximo é de R$ 81 mil, mas existe um Projeto de Lei propondo um aumento desse limite, além da possibilidade de contratar mais de um funcionário.

Desde a criação da categoria MEI pela Lei Complementar nº 128, em 2008, o número de microempreendedores não para de crescer no Brasil. Já são mais de 12 milhões de profissionais que hoje possuem direitos previdenciários e do INSS, além de diversas outras vantagens que a formalização oferece.

E para manter o estatuto que rege a categoria sempre atualizado, algumas propostas costumam entrar em debate no Governo, a fim de tornar ainda mais fácil e vantajosa a formalização como forma de se empreender no país.

Por isso, hoje falaremos sobre o Projeto de Lei Complementar (PLP) 41/21, cujo objetivo é aumentar o limite de faturamento do MEI, assim como permitir a contratação de mais funcionários. Confira os detalhes agora!

O limite de faturamento MEI pode aumentar? Confira a proposta

O Projeto de Lei Complementar (PLP) 41/21, apresentado pelo deputado estadual Osires Damaso (PSC-TO), surge como uma grande oportunidade para o microempreendedor individual alavancar ainda mais o seu negócio.

Na proposta, o projeto visa ampliar o limite de faturamento anual do MEI de R$ 81 mil para R$ 180 mil, além de permitir que a categoria contrate até três funcionários que recebam um salário mínimo ou o piso profissional da categoria. Hoje, o MEI pode contratar apenas uma pessoa.

Com isso, se houver algum afastamento legal de funcionário do MEI, será permitida a contratação de outro empregado, até que o prazo de afastamento acabe. Ou seja, será permitida uma contratação por prazo determinado.

Entenda como funcionam as regras para a contratação de um funcionário MEI

No que se refere ao limite de faturamento do MEI, todos os anos é necessário enviar a Declaração Anual do Simples Nacional do MEI (DASN-Simei). É através dela que o empreendedor mantém seu negócio regularizado e enquadrado na categoria.

Veja como Fazer a Declaração Anual MEI 2021: Passo a Passo – O prazo vai até o dia 28 de maio (utilizando o aplicativo da MEI Fácil) e 31 de maio (através do site do Governo).

Uma dúvida bastante comum é quanto o MEI pode faturar por mês. Abaixo você confere o valor atual, de acordo com o Estatuto da Micro e Pequena Empresa e como seria o novo valor, caso a proposta em questão seja aprovada.

Quanto o MEI pode faturar por mês?

Atualmente, pelo limite de faturamento anual vigente, o MEI pode faturar o equivalente à R$ 6.750 por mês. Com a nova proposta, esse valor seria de R$ 15mil, ou seja, mais que o dobro do valor atual.

É importante ter o domínio de quanto o MEI pode faturar por mês, principalmente pelo fato de que, caso a empresa seja aberta no meio do ano, assim como o início das suas atividades econômicas, o limite de faturamento máximo é proporcional ao número de meses restantes até o final do respectivo ano-calendário.

Aprenda a calcular o limite de faturamento da sua empresa

Ultrapassei o limite do MEI. E agora?

Como vimos, o limite de faturamento anual do MEI é de R$ 81 mil. Contudo, a Receita Federal permite que, durante o ano, seja possível ultrapassar em até 20% do limite de faturamento (limite proporcional, que corresponde a até R$ 16.200,00) para terminar o ano como MEI.

Além isso, será necessário pagar uma guia complementar, a DAS de excesso de receita e apresentar a informação na sua Declaração Anual do Simples Nacional do MEI (DASN-Simei).

Para mais detalhes, clique aqui e confira o que fazer caso a sua MEI ultrapasse o limite de faturamento anual.

Por que houve reajuste no valor do DAS MEI 2021?

Se você possui uma MEI desde 2020, certamente reparou que o valor do seu boleto mensal DAS aumentou.

Isso acontece porque o Governo Federal reajustou o valor do salário mínimo. Em 2020, era de R$ 1.045,00. Já para 2021, o valor aumentou para R$ 1.100,00.

O DAS MEI, por sua vez, é composto pelo INSS + Imposto da Atividade (ICMS para Comércio e/ou ISS para Serviço). E o INSS corresponde a 5% do salário mínimo do ano atual.

Por isso, toda vez que o salário mínimo sofrer alteração, o MEI também terá ajustes no valor de seu boleto mensal.

É importante destacar que a proposta explicada acima ainda não foi aprovada e encontra-se em tramitação na Câmara do deputados.

Mas fique tranquilo, assim que tivermos novidades sobre o assunto, iremos atualizar o conteúdo deste artigo. Para não ficar de fora, aproveite para se inscrever na nossa newsletter e receba, em primeira mão, todas as novidades sobre o mundo do MEI. Basta descer até o final da página e assinar nosso conteúdo exclusivo e 100% grátis!

Já conhece a MEI Fácil?

Se você ainda não tem sua conta MEI Fácil, que tal abrir uma e aproveitar todos os benefícios que ela tem a oferecer?

Com a nossa conta você tem acesso a todos os serviços dos bancos tradicionais, mas de forma digital e sem qualquer custo nas transações diárias.

Você pode pedir a sua Maquininha de cartão, o cartão de crédito MEI Fácil e gerar boletos de cobrança, essenciais para o sucesso de uma MEI.

E mais: com a conta MEI Fácil é possível pagar fornecedores, receber de clientes e realizar transferências, tudo em um só lugar.

Para facilitar ainda mais a organização financeira da sua empresa, com a conta MEI Fácil você também tem maior controle sobre os seus gastos por meio da emissão de extratos e do registro do dinheiro que sai diretamente no aplicativo, o que evita surpresas no fim do mês.

Não perca tempo, abra a sua conta MEI Fácil agora mesmo! É só clicar aqui.

Inscreva-se na TV MEI Fácil e acompanhe as redes sociais para não perder nenhuma novidade: Instagram e Facebook.