Comércio varejista: o que é, características e como abrir um

3 minutos de leitura
Mulher apoiada em balcão de loja e sorrindo
Navegue pelo conteúdo

O comércio varejista é um importante setor da economia, responsável por movimentar grandes somas de dinheiro e gerar empregos.

Seja em lojas físicas ou virtuais, é uma atividade que exige planejamento, estratégia e conhecimento do mercado.

Se você tem interesse em abrir uma empresa no segmento, vamos explicar como funciona e quais são os passos para você se formalizar.

Acompanhe e descubra como se tornar um empreendedor de sucesso!

O que é comércio varejista?

Comércio varejista é o conjunto de atividades comerciais que envolvem a venda de produtos ou serviços diretamente ao consumidor final, em pequenas quantidades. 

O varejo acontece em estabelecimentos comerciais como lojas, supermercados, farmácias, padarias, feiras, entre outros.

O principal objetivo é oferecer produtos e serviços que atendam às necessidades imediatas de consumo.

Quais as características do comércio varejista?

Existem diversos aspectos que diferenciam o comércio varejista de outros tipos de comércio.

Alguns deles são:

Venda para o consumidor final

Como vimos, a principal característica da venda de produtos e serviços é ser realizada diretamente para o consumidor final.

Ou seja, aquele que vai adquirir o produto ou serviço para uso próprio. 

Comercialização em pequenas quantidades

Ao contrário do comércio atacadista, que vende grandes quantidades de produtos para revendedores, o comércio varejista vende em pequenas quantidades.

Localização estratégica

As empresas costumam estar localizadas em áreas de grande movimento e em centros comerciais, para atrair o maior número possível de pessoas.

Variedade de produtos

Há uma grande variedade de produtos e serviços que podem ser comercializados.

Por exemplo, roupas, calçados, alimentos em geral, doces, carnes, verduras, frutas e outros.

Preços competitivos

A concorrência no mercado faz com que as empresas busquem oferecer preços competitivos, a fim de atrair e fidelizar os clientes.

Processos sistematizados

Para suprir uma demanda alta, os processos sistematizados envolvem desde a gestão de estoque e de fornecedores até a organização da loja e atendimento ao cliente

Assim, é possível economizar tempo e recursos, reduzir custos e aumentar a eficácia do negócio.

Qual a diferença entre comércio atacadista e varejista?

A principal diferença entre o comércio atacadista e varejista está na forma como os produtos são comercializados.

No atacado, vende-se produtos em grandes volumes para revendedores, enquanto no varejo vende-se em pequenas quantidades para o consumidor final.

Comércio varejista pode ser MEI?

Sim, o comércio varejista pode ser enquadrado como Microempreendedor Individual (MEI), desde que atenda alguns requisitos.

Logo, é necessário que a atividade esteja prevista na lista de atividades permitidas.

Alguns exemplos de atividades para MEI no varejo incluem: hortifrutigranjeiros, açougues, calçados, roupas, antiguidades, bijuterias, sorveteria, entre outras.

Além disso, o MEI deve atender critérios como: faturamento anual de até R$ 81 mil, não ter participação em outra empresa como sócio ou titular e ter no máximo um funcionário.

Para quem não sabe, o MEI tem um regime simplificado de tributação com o intuito de incentivar a formalização de pequenos empreendedores.

Qual o CNAE de comércio varejista?

Há diferentes atividades que se encaixam no varejo para MEI.

Cada uma delas possui um CNAE próprio.

Veja alguns exemplos:

  • 4724-5/00: Abatedor(a) De Aves Com Comercialização do Produto Independente;
  • 4722-9/01: Açougueiro(a);
  • 1412-6/02: Alfaiate;
  • 4785-7/01: Antiquário(a);
  • 1359-6/00: Artesão(ã) Têxtil;
  • 4721-1/04: Baleiro(a);
  • 4712-1/00: Barraqueiro(a);
  • 1031-7/00: Beneficiador(a) De Castanha;
  • 1092-9/00: Bolacheiro(a)/biscoiteiro(a);
  • 1093-7/01: Chocolateiro(a);
  • 4755-5/02: Comerciante De Artigos De Armarinho;
  • 4789-0/99: Comerciante De Artigos De Bebê;
  • 4755-5/03: Comerciante De Artigos De Cama, Mesa E Banho.

Na verdade, a relação é bem extensa. Existem muitas outras ocupações referentes ao varejo para MEI além dessas que mencionamos.

Confira a lista completa de atividades permitidas!

Como abrir um comércio varejista pelo MEI?

Para se formalizar no varejo como MEI, é necessário seguir alguns passos:

  • Verificar se a atividade pode ser enquadrada como MEI;
  • Ter um cadastro no gov.br;
  • Realizar a inscrição no Portal do Empreendedor;
  • Escolher o CNAE;
  • Criar um nome fantasia e adicionar o endereço;
  • Emitir o certificado MEI (CCMEI) com o CNPJ;
  • Pagar o DAS mensalmente.

Ao seguir essas etapas, é possível começar um negócio e aproveitar as vantagens de empreender.

Continue por dentro de assuntos interessantes sobre empreendedorismo acompanhando o blog MEI Fácil por Neon.

Inscreva-se também na TV MEI Fácil e acompanhe as redes sociais para não perder nenhuma novidade: Instagram e Facebook.

O que você achou deste artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação 2 / 5. Número de votos: 16

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Tags:
Vale a pena ler