Se você tem interesse em iniciar um novo negócio na área de fotografia ou audiovisual, pode estar se perguntando como ser um fotógrafo profissional e garantir uma fonte de renda através desse trabalho.

A partir dessa decisão, a formalização da sua atividade através do CNPJ traz vantagens e benefícios para você. Quer saber como abrir MEI de graça? Leia até o final!

Como ser um fotógrafo e abrir MEI de graça

Tornar-se um fotógrafo ou videomaker profissional exige mais do que habilidade técnica. Além da dedicação constante, buscar a formalização do negócio com certeza trará mais credibilidade ao seu trabalho.

Para aproveitar oportunidades e transformar a fotografia e vídeo em uma fonte de renda, confira as dicas:

1) Invista em seu crescimento profissional

Aprimorar seus conhecimentos exige investimentos em cursos, livros, eventos, workshops, sem contar o equipamento em si. Porém, mais importante ainda é o tempo investido no seu aperfeiçoamento. Para fotografar e filmar de forma profissional, o treino de seu olhar e técnica deve fazer parte de sua rotina.

2) Conheça o seu equipamento

Para ser um bom profissional na área de Fotografia ou Audiovisual, você deve conhecer o equipamento que tem em mãos como ninguém! Saber o que sua câmera e outros acessórios oferecem possibilita a divulgação de seus serviços mais estrategicamente.

3) Tenha um objetivo concreto

Saber aonde você quer chegar com suas fotos e vídeos possibilita estratégias e maior chance de sucesso. Ou seja, se você quer se especializar em fotografia de casamento, ensaios femininos, gravação de vídeo aulas, entre outros, deve planejar os próximos passos de acordo com isso.

4) Construa um bom portfólio 

Seus clientes precisam saber exatamente o que esperar! Após definir o seu objetivo na área, construa um portfólio e disponibilize on-line. Você pode começar a reunir o material a partir de serviços prestados para amigos e familiares, por exemplo.

5) Formalize seu negócio com um CNPJ MEI 

Abrir uma empresa no regime de microempreendedor individual permite a formalização do negócio sem pagar altos impostos. De forma simplificada, o fotógrafo e/ou videomaker liberal ou freelancer que optam pelo MEI ainda contam com acesso a benefícios diversos.

Dicas para profissionais de audiovisual e fotografia na crise

Quer reinventar seu negócio na área mesmo na crise? Assista o vídeo:

Com as dicas anteriores, você já sabe como ser um fotógrafo profissional e aprimorar seus talentos com foto e vídeo. Saiba como formalizar o negócio e se tornar um fotógrafo MEI a seguir.

Abrir MEI de graça para formalizar o negócio

O CNPJ MEI garante a proteção dos seus direitos como profissional autônomo. Ser MEI traz diversas vantagens para quem deseja formalizar o negócio. A emissão de notas fiscais, benefícios previdenciários e até mesmo o acesso a planos de saúde mais acessíveis são algumas delas.

As atividades permitidas para quem trabalha com Fotografia ou Audiovisual são fotógrafo independente, fotógrafo aéreo independente e fotógrafo submarino independente.

Para abrir MEI de graça, basta baixar o aplicativo MEI Fácil na Play Store ou acessar o Portal do Empreendedor para realizar seu cadastro.

Obrigações do MEI 

Como MEI, existem algumas obrigações que devem ser cumpridas, para garantir acesso aos benefícios.

Para ficar em dia com o CNPJ, o microempreendedor deve:

  • Realizar o pagamento do imposto DAS todo dia 20, cujo valor varia entre R$50 e R$60;
  • Entregar a sua Declaração Anual anualmente, que consiste na soma dos seus ganhos com os serviços prestados no ano anterior.

ATENÇÃO! A Declaração Anual (DASN) e o Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) são duas declarações diferentes, mesmo que ambas sejam declaradas anualmente.

Quem já possui CNPJ pode ser fotógrafo MEI?

Caso você já tenha uma empresa aberta como MEI, não há necessidade de abrir um novo CNPJ para prestar serviços como fotógrafo. Basta incluir as atividades referentes a Fotografia no seu cadastro. Cada CNPJ pode ter até 16 atividades diferentes registradas.

Para alterar os dados cadastrados no seu CNPJ MEI gratuitamente, basta acessar o Portal do Empreendedor. 

Se preferir, contrate a Contabilidade MEI Fácil, para maior comodidade. A assinatura anual (R$69,90) inclui a alteração de dados do seu CNPJ, quando você solicitar, entre outros serviços.

Ficou alguma dúvida? Conte conosco!

A MEI Fácil é a parceira do microempreendedor e oferece conteúdo feito especialmente para você e seu negócio. Inscreva-se na TV MEI Fácil e nos acompanhe nas demais redes sociais: Instagram e Facebook.