Escrito por Larissa Chinaglia

Você tem sua loja de produtos, mas não sabe direito onde vender para impulsionar suas vendas? Então vamos te ensinar como vender em marketplace e aumentar muito seu faturamento.

Os marketplace são sites já conhecidos do público consumidor, onde é possível você conseguir um espaço para seu pequeno negócio. A sua loja ganhará muito mais visibilidade se hospedada em um desses sites, com isso as oportunidades de aumentar seu lucro no final do mês crescem bastante.

Ao longo desse conteúdo você vai descobrir:

  • O que é Marketplace?
  • Por que vender em marketplace?
  • Como vender em marketplace?
  • 7 dicas para aumentar as vendas em marketplace
  • Quem é MEI pode vender em marketplace?

Você já conhece o F-commerce? Saiba como seu negócio pode vender no Facebook!

O que é Marketplace?

Marketplaces são sites que realizam a venda de diferentes lojas. Sabe quando você entra em um site e aparece “vendido por nome da loja”. Esse site que você visitou é um marketplace.

Eles funcionam quase como um shopping center, porém no ambiente digital, que contam com um volume altíssimo de visitas no site e clientes fiéis. Alguns exemplos de marketplace são: Americanas, Mercado Livre, Amazon, Magazine Luiza, entre outros.

Para ter seus produtos vendidos em um marketplace, você paga apenas uma comissão para o dono do “shopping” por cada venda realizada.

Um exemplo é a Magalu. A comissão é de 3,99% sobre as vendas realizadas, e em troca, além da visibilidade do site, ela se responsabiliza pela logística (retirada e entrega dos produtos) e oferece suporte de pós-venda.

Assim uma das principais vantagens é alta visibilidade dos seus produtos com baixo custo de investimento

E por que vender em marketplace?

Em 2019, os marketplace representavam 35% do faturamento das vendas online. Em 2020, esse número subiu para 51%, segundo matéria.

Segundo um estudo feito a pedido do ‘Estadão’ pela Serasa Experian, de março a abril de 2021:

2,5% dos microempreendedores ativos que vendiam produtos no marketplace do Magazine Luiza, por exemplo, ultrapassaram o limite de R$ 81 mil de faturamento anual

 Entre as principais vantagens de vender em marketplace, estão:

  • Aumento da visibilidade da sua loja – ou seja, novos clientes;
  • Boa infraestrutura – já que o site em si, é de uma grande empresa focada em vendas online;
  • Investimento baixo;
  • Alto retorno com aumento de vendas;
  • Possibilidade de diversificar produtos e portfólio;
  • Crescimento de negócio de nicho

Como vender em marketplace?

As vantagens do marketplace te ganharam e agora você está preparado para começar o seu negócio?

Então confira as principais dicas de como vender em marketplace do zero!

Escolha bem os seus produtos

É muito importante que você escolha o nicho que deseja atuar. De preferência para um que você tenha conhecimento e que consiga se especializar, assim você se sentirá mais seguro na hora de fazer as divulgações.

Também vale fazer um estudo de mercado para entender o que seus concorrentes estão vendendo, onde e como.

Veja qual é o melhor marketplace para seus produtos

“Quais os melhores marketplaces para vender?”, a resposta é: depende!

Você já entrou no site da Zattini, por exemplo? Esse site é um marketplace voltado para moda e beleza.

Ou seja, se você busca vender eletrônicos, esse pode não ser o melhor lugar para você. Outros marketplaces como Americanas ou Magazine Luiza podem ser mais recomendados neste caso.

Documentação e cadastro

Após escolher o marketplace – ou os marketplaces – que você deseja atuar, você precisa realizar o seu cadastro.

Cada site possui seu processo burocrático para a própria proteção e para você e seus consumidores.

Atenção se tiver loja física

Se você já atua em lojas físicas, a dica é ir migrando para o marketplace de forma gradual. Assim você consegue sentir como suas vendas irão aumentar, e garantir que terá estoque o suficiente para os dois ambientes.

7 dicas de como aumentar as vendas no marketplace

Separamos 7 dicas de como aumentar as vendas no marketplace para você começar a lucrar a partir de hoje.

Vamos lá?

Faça um ótimo anúncio

Caprichar no anúncio é fundamental para ganhar o consumidor. Uma dica é começar vendo o que as pessoas perguntam nos anúncios dos seus concorrentes, e já se destaque oferecendo as respostas.

Além disso, é você precisa:

  • Ter um título claro para facilitar a busca do seu consumidor;
  • Usar a categoria certa para seu produto;
  • Caprichar nas fotos;
  • Colocar todas as informações técnicas que podem ajudar seu cliente na escolha;
  • Colocar as variações de produtos (tamanhos e cores, por exemplo);
  • E, se possível, fazer um vídeo para complementar as informações.

Tenha sempre um estoque

Diferente do método de venda dropshipping que não exige que você tenha um estoque, no marketplace é essencial que você tenha em mãos o produto que será vendido.

Você não pode deixar o marketplace venda seu produto para o consumidor se você não for capaz de entregá-lo. Por isso, aprenda a fazer o controle do seu estoque.

Faça um bom atendimento ao cliente

Seja em um primeiro contato ou no suporte pós-venda, um bom atendimento ao cliente é essencial para qualquer empresa que busque o sucesso nos negócios.

A dica é responder rapidamente às dúvidas que possam surgir. Separe um tempo do seu dia apenas para fazer esse suporte. E tenha certeza que como resultado você terá clientes fidelizados – ou seja, comprando muito mais da sua loja!

Atenção as primeiras vendas

As primeiras vendas podem ser as mais difíceis, afinal você ainda não tem nenhuma avaliação positiva de seus produtos. Por isso, você precisa dar uma atenção especial para elas.

Se for necessário vender a um valor mais baixo, faça. Lembre-se que o lucro virá com o passar do tempo, e você poderá recuperar esse primeiro investimento.

Em paralelo, aprenda a precificar o seu produto

Não adianta começar a fazer as primeiras vendas sem entender de fato o quanto seu produto deve custar.

Você precisará encontrar uma forma equilibrada de como precificar seus produtos. Pensar apenas em atrair mais clientes ou vender muito não necessariamente significa que você conseguirá obter lucro no fim do mês.

Aprenda a precificar o seu produto

Se possível, faça publicidade

As plataformas de marketplace costumam abrir espaço para você fazer anúncio de produtos. Ou seja, você investe um valor para mostrar sua loja para mais pessoas. Isso também pode ser feito através do Google Shopping.

Faça promoções

Datas comemorativas, como Dia dos Namorados e Dia dos Pais são ótimas para você impulsionar suas vendas.

Faça promoções, ofereça frete grátis, descontos para quem comprar mais de um produto. Veja quais táticas de promoção não vão prejudicar seu negócio, mas sim aumentar muito suas vendas!

Quem é MEI pode vender em marketplaces?

Microempreendedor individual, ou seja, o MEI pode vender em marketplaces sim. Não existe nenhuma regra que te proíba de entrar nesse universo e faturar muito.

Além disso, uma pesquisa recente mostrou que 24,7% dos MEI passaram a vender marketplace durante a pandemia.

Apenas é importante você se atentar em alguns pontos:

Descubra aqui se o limite de faturamento anual MEI pode aumentar!

Seja MEI

Vale reforçar que ao optar por abrir seu CNPJ MEI, você passa a ter direitos aos benefícios do INSS, tais como aposentadoria e auxílio-maternidade.

E as vantagens de ter CNPJ MEI não param por aí!

E você consegue abrir sua MEI de graça e pelo celular em alguns minutos!

 

Gostou das dicas?

Lembre-se que se tiver dúvidas, você pode nos procurar  Grupo MEI Fácil que queremos te ajudar com elas!

Inscreva-se na TV MEI Fácil e acompanhe as redes sociais para não perder nenhuma novidade: Instagram e Facebook.