Escrito por Larissa Chinaglia

Você sabia que se não tiver com todas suas pendências MEI em dia você pode ter até seu CNPJ cancelado?

Claro que isso não acontece do dia para noite, você ainda tem tempo de regularizar todas as suas pendências, e manter a saúde do negócio. Afinal, isso também é a chave para o sucesso da sua MEI.

Ao longo desse conteúdo você vai descobrir os perigos de ter pendências, como regularizar cada uma delas, e dicas para não ter que se preocupar mais com isso!

Bora lá?

Pendências MEI para você regularizar

O primeiro passo para regularizar suas pendências é identificá-las. Assim, faça uma consulta CNPJ gratuita e entenda o que precisa ser ajustado.

No caso dos microempreendedores individuais, as pendências costumam ser DAS MEI em atraso e a falta de declaração anual. Vamos te ajudar a regularizar essas duas abaixo!

Uma consulta no seu CNPJ é um grande começo!

Como consultar meu CNPJ

Você pode consultar seu CNPJ de algumas formas. O mais indicado é através do site Portal Empreendedor.

Você poderá consultar:

Assim você já terá uma primeira visão de como está a saúde do seu pequeno negócio!

DAS MEI

Como comentamos acima, a DAS costuma ser uma das pendências que o MEI pode acumular ao longo dos meses.

Antes de regularizar suas pendências de DAS MEI, é importante que você consulte o seu extrato MEI.

O extrato MEI é um documento que atua como uma certidão de quitação de débitos. Ou seja, através dele você consegue acompanhar se há algum boleto atrasado.

Para consultar o extrato MEI e, consequentemente, regularizar suas pendências de DAS MEI é preciso acessar o site da Receita e fazer seu login.

No Programa Gerador de DAS do Microempreendedor Individual (PGMEI), você consegue consultar outras informações, como a emissão de guias mensais, imprimir boleto MEI vencido, acessar as segundas vias e fazer consultas referentes à empresa.

Para consultar quais as DAS MEI que estão pendentes, basta ir em “Emitir Guia de Pagamento (DAS)” e consultar o ano que deseja ver.

Mas temos uma dica ainda mais prática!
Você também pode consultar (e pagar) através do aplicativo MEI Fácil.

Através do aplicativo, você consegue ter um fácil controle de como está os seus pagamentos e se há alguma pendência referente a DAS.

Lembrando que a DAS MEI é a única guia de recolhimento de imposto que o MEI paga, e seu valor varia de R$ 56,00 e R$ 61,00, em 2021.

 Pagar a DAS MEI

Você também pode pagar através do Pix através de qualquer instituição financeira que aceite pagamentos via Pix. Como é o caso da MEI Fácil!

Basta abrir o seu aplicativo MEI Fácil e realizar o pagamento do DAS via Pix, através da leitura de QR code. Pronto, em até 10 segundos o pagamento será atualizado e sua MEI continuará regularizada.

passo a passo para pagar o DAS MEI

E o parcelamento MEI?

Você tem de mais de 12 boletos DAS atrasados? O parcelamento MEI pode ser uma boa opção para você regularizar suas pendências MEI.

Qualquer pessoa que tenha muitos impostos não pagos pode solicitar o parcelamento. Assim, fica mais fácil renegociar suas dívidas.

Veja esse vídeo e saiba como parcelar o boleto MEI atrasado:

Declaração anual MEI

Além da DAS MEI, outra obrigação do MEI que você não esquecer é de fazer a declaração anual.

A DASN-Simei, sigla para Declaração Anual do Simples Nacional do MEI, é uma declaração de renda anual que todos os Microempreendedores Individuais devem fazer.

Caso você tenha esquecido ou não tenha conseguido entregar sua declaração dentro do prazo, é preciso pagar uma multa, o DARF.

O DARF, multa por atraso na Declaração Anual do MEI, pode ser pago nos principais bancos do país, contudo, ao contrário do boleto DAS, não é possível pagar o DARF em casas lotéricas.

Para recalcular seu DARF vencido, é preciso imprimir o documento e levar até o posto fiscal da Receita Federal mais próximo para atualizarem os valores para você.

Em nosso serviço de contabilidade MEI, nós atualizamos o boleto para você! Para saber mais, basta clicar aqui.

Veja aqui mais detalhes do que fazer caso tenha perdido o prazo ou precise retificar a declaração MEI!

O que pode acontecer se você não estiver com suas pendências do MEI em dia?

Para começar, você pode ter seu CNPJ suspenso. Dessa forma, você fica impedido de emitir nota fiscal, participar de licitação pública, solicitar empréstimo e linha de crédito, entre outras coisas.

E caso você não regularize suas pendências, seu CNPJ pode ser cancelado. Ou seja, você perderá o seu número de registro, sendo impossível reativá-lo. Logo, não poderá mais realizar nenhuma atividade formal em nome da empresa.

Além disso, a dívida do MEI pode passar para o CPF, prejudicando o dia a dia da pessoa física responsável pelo MEI. Por exemplo: a pessoa pode ficar impedida de comprar/alugar uma maquininha de cartão, comprar um eletrodoméstico parcelado, entre outros.

Você também pode perder os benefícios da Previdência Social (INSS).

Por isso, é importante manter todas suas pendências em dia. Se achar necessário, tenha um controle próximo para te ajudar.

Como manter seu CNPJ MEI regularizado?

Agora que você está regularizando todas suas pendências MEI, chegou o momento de se organizar para não passar por isso novamente.

Separamos algumas dicas para você implementar no seu dia a dia, e garantir a saúde do seu pequeno negócio.

✍️ Tenha um controle financeiro e acrescente nele as pendências de DAS MEI

💳 Tenha uma conta jurídica MEI Fácil para facilitar o pagamento da DAS MEI

💻 Fique de olho no nosso blog e as redes sociais, estamos sempre te lembrando dos compromissos da sua MEI

💰 Considere um planejamento financeiro para pagar um dos DAS atrasados junto com o imposto do mês corrente, até quitar todos eles

📅 Use uma agenda ou ferramentas de negócio para anotar todos os seus compromissos da sua empresa

Chega de pendências MEI a partir de agora, não é mesmo?

Ficou com alguma dúvida? Você pode nos procurar  Grupo MEI Fácil que queremos te ajudar!

Não esqueça de se inscrever na TV MEI Fácil e acompanhar nossas redes sociais para não perder nenhuma novidade: Instagram e Facebook.