Quantas peças de roupa preciso para abrir uma loja? Veja dicas

2 minutos de leitura
Roupas penduradas em frente a fundo amarelo
Navegue pelo conteúdo

A dúvida de milhões: afinal, quantas peças de roupa preciso para abrir uma loja? 

Esse questionamento é natural e compreensível, já que existem diversos aspectos que influenciam na composição do catálogo de produtos.

Um dos principais fatores a ser considerado é o seu orçamento disponível, assim como a projeção de vendas mensais.

Quer saber mais?

Então continue lendo este texto até o fim!

Quantas peças de roupa preciso para abrir uma loja?

Não existe uma quantidade mínima de peças para abrir uma loja de roupas.

Isso porque tudo vai depender das características gerais do empreendimento.

Em primeiro lugar, as lojas físicas tendem a exigir uma variedade maior de peças se comparadas a empresas digitais, por questões de mostruário e prova de clientes.

Além disso, o tamanho do estoque e o sortimento do catálogo estão diretamente ligados a fatores como o porte da empresa, o nicho de atuação e até mesmo a facilidade em adquirir os materiais.

Em geral, é aconselhável ampliar a variedade de produtos dentro do limite do orçamento inicial para a compra de estoque.

Ou seja, se você possui R$ 2 mil dedicados a esse objetivo, faça cotações para adquirir o maior número de peças com bom potencial de saída com esse valor.

Veja um exemplo: entre comprar 100 blusas iguais de R$ 20, vale muito mais a pena investir em 25 blusas de R$ 20 + 25 shorts jeans de R$ 35 + 35 regatas de R$ 25.

E atenção: lembre-se de considerar a projeção do giro mensal de produtos.

Com esse valor em mãos, abasteça a loja com estoque por pelo menos 3 meses.

Assim, você não esgota seus itens.

Entenda como fazer o controle de estoque corretamente!

Como abrir uma loja de roupas?

Começar um empreendimento com o pé direito é fundamental para garantir bons resultados a longo prazo.

Por isso, é preciso se organizar e criar uma estratégia bem definida para sua loja desde os primeiros passos. 

Veja só as principais etapas:

  • Estude o público-alvo e entenda quais produtos seus concorrentes trabalham
  • Defina o tamanho da loja, o faturamento anual esperado e quantidade de funcionários necessária
  • Com esses dados em mãos, estude qual é a melhor categoria empresarial para abrir seu CNPJ
  • Após a formalização do empreendimento, faça a pesquisa de fornecedores e estude quais são as opções de melhor custo benefício
  • Aos poucos, adquira a estrutura e o estoque necessário, seja para atuação presencial ou online
  • Crie a identidade visual da marca, como o logotipo e as paletas de cores;
  • Tire boas fotos dos seus produtos
  • Faça um lançamento oficial e invista na divulgação pelas redes sociais.

Quer saber mais detalhes?

Então confira o guia completo de como abrir uma loja de roupas.

Qual o MEI para loja de roupas?

Como mencionamos, formalizar a loja é um passo fundamental para alcançar o sucesso.

Isso porque o estabelecimento passa a ser reconhecido juridicamente, oferecendo direitos e benefícios ao lojista.

O CNPJ MEI é um dos preferidos dos empreendedores brasileiros, já que oferece facilidades burocráticas e baixa carga de impostos mensais. 

Para tornar-se microempreendedor individual e vender roupas, o CNAE mais recomendado é o 4781-4/00 — Comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios.

Entenda o que é CNAE.

Agora que você sabe qual é o CNAE para abrir loja de roupas, que tal criar seu MEI?

Com o app MEI Fácil por Neon, você abre seu CNPJ em poucos minutos, de maneira 100% online e gratuita!

Não perca mais tempo: abra seu CNPJ com a MEI Fácil por Neon!

O que você achou deste artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação 1 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Tags:
Vale a pena ler