Escrito por Victor Jacinto

Muitas pessoas não sabem ou não conhece o risco que é a comprar ou fazer uma venda sem nota fiscal.

A nota fiscal acaba sendo a segurança do cliente e do vendedor caso algum problema ocorra. E, muitos não sabem, mas esta é uma segurança que somente você pode ter com a sua empresa para seu negócio não falhar com os impostos.

Quando pensamos em ter sucesso em seu empreendimento, independente de qual seja o seu ramo de atuação, precisamos pensar em tudo que seja relacionado a ele, até mesmo a venda sem nota fiscal.

Neste conteúdo iremos trazer algumas dicas de como se prevenir para venda sem nota fiscal no seu empreendimento:

Gostou? Continue lendo.

Você sabe o que é Nota Fiscal?

A princípio, você sabe o que é nota fiscal?

Nota fiscal é um documento que comprar a compra e venda de produtos da sua empresa, ou seja, sempre que você recebe um pagamento, você precisa emitir uma nota fiscal.

Vale lembrar que, não emitir nota fiscal é considerado sonegação fiscal, e neste caso é um crime que sua empresa está cometendo e traz grandes consequências ao seu estabelecimento. 😉

A Nota Fiscal é ainda um comprovante de compra que pode dar ao consumidor a requisitar serviços como garantia, até mesmo, casos de troca ou devolução de mercadorias.

E através da nota fiscal e emissão dela, você consegue ter maior controle de entrada e saída de valores em sua empresa, até mesmo controle do pagamento de impostos.

Leia também: Controle de notas fiscais: confira 5 dicas para o MEI

Por que emitir nota fiscais?

Emitir nota fiscal serve para regularizar todos os tributos de sua empresa, e para manter a credibilidade dos seus clientes e seu negócio.

Ou seja, a emissão de nota fiscal é uma super vantagem para o consumidor e para o empreendedor, onde ambos estão assegurados caso aconteça algum erro com a compra e venda.

Venda sem nota fiscal: 5 prejuízos de sonegar impostos

Lembrando que como citado acima, a venda sem nota fiscal é crime e se você não sabe existe uma Lei que exige a sua emissão.

Lei essa conhecida como Lei 8137/1990, dos crimes contra a ordem tributária.

E sonegar não significa deixar de emitir a nota, esse documento é preenchido de forma correta, é a comprovação de que a sua empresa está pagando todos os impostos.

Neste caso há sonegação 😊

Fora que você pode perder a confiança dos seus clientes e sabemos que ele é a alma do seu negócio.

A não emissão pode te causar danos. Por isso, veja o quanto é importante fazer uma venda com nota fiscal, conhecendo os prejuízos abaixo:

Pagar multas

As punições ou multas para quem não emite nota fiscal pode variar de 10 a 100% do total de documentos não emitidos.

Ou seja, valores altíssimos, pensando principalmente em MEI’s ou para profissionais liberais.

Os responsáveis pelas empresas com sonegação de impostos podem até serem presos.

Mas, então, surge aquela dúvida: Como o governo descobre quem não emite este documento?

Vamos fazer uma pequena análise: Sua empresa este mês vendeu o valor equivalente a R$ 3.000,00.

Mas, lembrando que antes de você vender este produto, você precisou comprar o produto de algum fornecedor

Agora este fornecedor que você comprou agi dentro da Lei, mas aí o seu empreendimento não, neste momento a Receita Federal e a Secretaria da Fazenda (SEFAZ), baterem estes valores você será pego. 😉

Lembrando que esta não é a única maneira de encontrar sonegadores de impostos. Estes órgãos trabalham com muita tecnologia para capturar diferentes métodos de sonegação.

Perdas das mercadorias

Vendas de produtos sem nota fiscal, a comercialização pode ter como consequência a apreensão destes produtos.

E você tendo a apreensão dos produtos, você acaba tendo um pequeno prejuízo financeiro, porque não terá de volta o valor investido.

Processos criminais

Como dito, sonegar imposto é crime, e a empresa que agi desta maneira acaba recebendo alguns processos criminais, e se condenado pode pegar até 5 (cinco) anos de reclusão.

Perder clientes e as vendas

Para quem não gosta de emitir notas fiscais, acaba perdendo muitas vendas porque grande parte da população preza em ter algum documento que comprove a compra ou até mesmo a garantia.

Muitas pessoas também compram pensando em reembolso, seja de uma empresa ou de um amigo. E, a nota fiscal, é o comprovante que elas necessitam.

Então quem não emite nota fiscal está em desvantagem aos seus concorrentes que podem estar atuando dentro da Lei e não sonegando os impostos.

Perda de credibilidade com os seus clientes

Em geral nossos clientes se sentem mais seguros e satisfeitos ao comprar produtos que tenham notas fiscais.

Entretanto, este documento, na verdade, é um comprovante da compra do produto ou do serviço prestado, por isso para alguns consumidores ele se torna tão importante.

Por exemplo, você compra um celular, e não recebe a nota fiscal. Depois e alguns dias você vê que este celular começa a apresentar algum tipo de problema, e agora o que fazer?

Não há outra maneira a não ser contar com a boa vontade e honestidade do vendedor.

Como emitir nota fiscal

Você ainda não sabe como emitir nota fiscal MEI?

Primeiro é necessário que você faça a abertura do CNPJ da sua empresa!

Depois da abertura do CNPJ, será necessário verificar a legislação e verificar como será a emissão desta nota fiscal e será obrigatória para o seu negócio.

Se for emitir notas físicas, é necessário atentar-se a uma Autorização para Impressão de Documentos Fiscais (AIDF) para confecção das notas.

Tire todas suas dúvidas sobre Nota Fiscal MEI

Veja alguns tipos de notas fiscais, sendo elas:

  • MEI: quem é MEI não tem a obrigatoriedade, por lei, de emitir nota fiscal de venda direta ao consumidor. O microempreendedor só é obrigado a emitir nota se estiver fazendo transações comerciais com empresas.
  • Nota Fiscal Eletrônica (NF-e): trata-se de uma versão digital da nota fiscal considerada tradicional, onde será exigido uma assinatura do certificado digital.
  • Nota Fiscal Eletrônica do Consumidor (NFC-e): este tipo de nota também é utilizada sobre vendas ao cliente, no entanto, ela prevê a substituição da nota fiscal convencional (eletrônica) por um cupom fiscal.

Nota fiscal MEI

Em casos de MEI, você consegue emitir quando o processo envolve pessoas jurídicas, e este não depende de mercadorias ou serviços.

O MEI pode emitir nota fiscal eletrônicas e para isso e será preciso realizar cadastro na Secretaria da Fazenda na cidade em que a empresa está registrada.

Emita nota fiscal com a MEI Fácil

Através do aplicativo MEI Fácil, você consegue emitir nota fiscal. Você precisa:

  • Abrir seu aplicativo MEI Fácil
  • Ir em “Seu MEI” > “Emitir Nota Fiscal”
  • Clicar em “Emitir Nota de Serviço”
  • E completar os dados do seu cliente

banner nota fiscal 1

*Valido para São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador.

E pronto! Você consegue compartilhar a nota fiscal com seu cliente por e-mail ou  Whatsapp, por exemplo.

Gostou das dicas sobre venda sem nota fiscal?

Estamos aqui para ajudar você em sua jornada como MEI, seja para falar sobre finanças ou resolver questões relacionadas ao CNPJ, você pode contar com o atendimento e suporte de qualidade da nossa equipe.

Acompanhe as redes sociais para não perder nenhuma novidade Instagram e Facebook, e também inscreva-se na TV MEI Fácil.