Se você possui uma MEI há anos ou até mesmo acabou de abrir o seu negócio, saiba que existem alguns erros capazes de impedir a sua empresa de crescer. E eles podem estar mais presentes na sua MEI do que você imagina.

Mas fique tranquilo, é possível mudar essa situação e estamos aqui para te ajudar com isso!

Falta de organização financeira ou até mesmo um atendimento ao cliente ruim são alguns erros que você deve passar longe para garantir a saúde da sua MEI.

Vamos descobrir juntos se você está impedindo sua empresa de prosperar?

7 fatores que impedem a sua empresa de crescer

1 – Como está seu controle financeiro?

Você ainda mistura as contas da sua empresa com as suas contas pessoais? Não sabe quanto teve de lucro e gastos no último mês? Não consegue ter um controle financeiro da sua MEI? Sua empresa não cresce? Esse pode ser um dos motivos.

Para reverter essa situação, é importante rever ou desenvolver o seu planejamento financeiro. Assim você terá maior previsibilidade de acontecimentos financeiros do futuro, maior garantia de lucro da sua empresa e poderá fazer o seu negócio crescer e prosperar.

Além disso, vale você manter um controle rígido dos seus gastos. Nossa planilha de gastos pode te ajudar nesse ponto!

planilha de controle financeiro

2 – Seu plano de negócio está atualizado?

É muito importante que sua MEI tenha um plano de negócio. A ideia é você possa utilizá-lo como um mapa, onde você terá maior clareza de quais são seus objetivos e como será possível alcançá-los.

Para garantir que seu plano servirá de apoio para seus próximos passos, você deve preencher os seguintes tópicos:

  • Objetivos (curto, médio e longo prazo);
  • Concorrentes (quem são, quais os seus diferenciais, quais os valores);
  • Mercado (tem pessoas inteiradas no seu negócio, como você pode atingi-las);
  • Fornecedores (serão necessários, quais os custos e prazos);
  • Produtos (o que você oferece, quais são seus diferenciais);
  • Orçamento (para seu negócio e controle financeiro);
  • Análise de SWOT (análise de forças, fraquezas, oportunidades e ameaças).

Dedique o tempo que precisar para construir seu plano de negócio, afinal a falta dele pode não apenas impedir a sua empresa de crescer, como também conquistar objetivos.

3 – Seus riscos são planejados?

Todo(a) empreendedor(a) sabe que é necessário correr alguns riscos. Você já se arriscou quando decidiu criar seu próprio negócio, lembra?

Porém é importante não arriscar de forma aleatória. Desenvolva seu planejamento para saber onde investir seus riscos com mais segurança, principalmente se envolver valores altos.

Para isso, tenha clareza do seu controle financeiro e do seu plano de negócio. Eles serão seus guias na hora de arriscar com segurança.

4 – De zero a dez, o quanto você tem medo do novo?

Você conhece algum empreendedor que se recusa a testar o que está acontecendo de novo no mercado? Como fazer uma pequena empresa crescer se você escolhe parar no tempo?

Uma das dicas para uma empresa crescer é acompanhar as tendências que façam sentido para o seu mercado. Esteja aberto a novos testes para garantir que seu produto/serviço não ficará para trás.

5 – O seu atendimento faria você comprar de você mesmo?

É só pensarmos nas nossas últimas compras para entendermos a importância de um bom atendimento.

Além de aumentar as chances de compra, o atendimento ao cliente ajuda na fidelização. Ou seja, ele é um dos responsáveis para que o cliente retorne a você e ainda indique para conhecidos.

Confira algumas dicas de atendimento:

  • Atendimento prestativo e simpático gera maior credibilidade para o seu negócio
  • Deixar o cliente sem resposta pode ser imperdoável, por isso crie uma rotina de atendimento
  • O atendimento começa antes da compra, mas não termina quando a compra é concluída
  • Ofereça soluções que façam sentido para o seu cliente, assim as chances de fidelização são maiores

Para se aprofundar nas dicas, confira o vídeo abaixo:

6 – Você sabe para quem está vendendo?

Essa pergunta pode ser estranha à primeira vista, mas sabia que muitos microempreendedores não sabem a resposta?

Um dos primeiros passos para o crescimento da sua MEI é estudar o seu público-alvo, ou seja, para quem o seu produto ou serviço é destinado.

Algumas perguntas que você deve se fazer na hora de definir o seu público-alvo são:

  • Qual o seu produto ou serviço?
  • Quem compra de você hoje? (Idade, sexo, profissão, classe social)
  • Por que seu cliente deve escolher você e não seu concorrente?

Com seu público definido, você saberá quem realmente se beneficiará da sua marca. E dessa forma, poderá focar seus esforços de divulgação nesses futuros consumidores.

7 – Qual foi o último livro que você leu?

Essa pergunta é apenas para te relembrar da importância de se manter qualificado e atento as novidades.

Algumas dicas para você colocar na sua rotina:

  • Crie momentos de leitura (seja livros ou blogs, como o Blog do MEI Fácil)
  • Faça cursos livres para aprender mais sobre seu negócio, técnicas de empreendedorismo, marketing e muito mais (os cursos do Sebrae podem ser um bom começo)
  • Marque bate-papo com outros microempreendedores para trocar experiências

Se você dedicar trinta minutos por dia na sua qualificação profissional, com certeza verá resultados no seu negócio.

Agora que você já sabe quais fatores que podem estar impedindo a sua empresa de crescer, chegou a hora de mudar essa situação! Siga nossas dicas e vá acompanhando a evolução do seu negócio.

Aproveite, e não perca tempo! Abra a sua conta MEI Fácil agora mesmo! É só clicar aqui.

Para mais dicas, se inscreva-se na TV MEI Fácil e acompanhe as redes sociais para não perder nenhuma novidade: Instagram e Facebook.