Quando uma pessoa decide abrir a sua empresa, logo se depara com a pergunta: qual o melhor CNPJ para mim? E nós estamos aqui para te ajudar a responder essa questão.

São muitos detalhes que precisam ser avaliados, como o porte da empresa, capital social a ser investido, impostos e contribuições, funcionários, limites de faturamento e atividades, por exemplo.

Ao entender tudo isso, o empreendedor consegue enxergar todas as suas necessidades e opções presentes de CNPJ presentes no país.

Então vem com a gente, descubra qual o melhor CNPJ para você e faça parte dos mais de 52 milhões de empreendedores do Brasil.

Qual o Melhor CNPJ para Abrir?

Confira os tipos de empresa no país, entenda suas características e descubra qual o melhor CNPJ para você.

MEI (Microempreendedor Individual)

Este é o melhor CNPJ para quem deseja formalizar um negócio!

A MEI é o tipo de CNPJ mais rápido de simples de ser aberto. Em poucos minutos, pelo aplicativo da MEI Fácil, você consegue se tornar um Microempreendedor Individual.

O MEI pode ter até 16 atividades diferentes cadastradas em seu CNPJ, uma como principal e outras 15 atividades secundárias. Clique aqui e confira a lista com as 466 atividades MEI 2021.

O regime tributário do MEI é o Simples Nacional, sendo o único tipo de imposto e contribuição que o MEI precisa pagar, através do boleto DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional).

É a partir do pagamento mensal dele que o microempreendedor contribui para sua para sua Previdência Social e benefícios do INSS, como salário-maternidade, auxílio-doença, auxílio-Reclusão e pensão por Morte.

Abaixo você confere algumas características do CNPJ MEI:

melhor cnpj

ME (Empresário Individual)

Caso uma MEI conquiste o sucesso nos negócios e, como consequência, fature mais de R$ 81 mil ao ano, ela pode se tornar uma ME.

A ME ainda é considerada uma empresa de pequeno porte, visto que seu faturamento anual máximo é de R$ 360 mil.

Ao se tornar uma ME, o empresário precisa optar por qual regime tributário escolher – Simples Nacional, Lucro Presumido ou Lucro Real. Por isso, o empresário possui a opção de constituir uma sociedade.

Qual o melhor CNPJ – Principais diferenças entre a MEI e a ME

Listaremos abaixo as principais diferenças entre a Microempresa Individual e a Microempresa.

Atividades permitidas:

MEI – O MEI possui uma lista 466 atividades que são permitidas ao regime, sendo que pode ser escolhida uma como principal e até outras 15 como secundárias.

ME – Possui uma lista de atividades mais ampla.

Como se formalizar?

MEI – Basta baixar o aplicativo da MEI Fácil e abrir a sua MEI em poucos minutos.

ME – A formalização da ME começa com a necessidade de registar um contrato social, presencialmente, na Junta Comercial. O nome do documento é Requerimento de Empresário e o microempresário só pode atuar após a devida apresentação do mesmo.

Limite de faturamento

  • MEI – R$ 81 mil ao ano.
  • ME – Até R$ 360 mil ao ano.

Contratação de funcionários

  • MEI – O microempreendedor individual pode contratar um funcionário.
  • ME – Até nove funcionários contratados para empresas com atividades no comércio ou serviços e até 19 funcionários para setores de construção ou indústria.

Regime tributário

  • MEI – O microempreendedor individual pode se enquadrar apenas no Simples Nacional.
  • ME – Pode optar pelo Simples Nacional, Lucro Presumido ou Lucro Real.

Emissão de notas fiscais

  • MEI – Como todos os impostos pagos pelo MEI já estão incluídos no seu boleto DAS mensal, não há cobrança para emissão de nota fiscal eletrônica.
  • ME – É pago um percentual específico, de acordo com cada nota fiscal emitida.

Contribuições e impostos

  • MEI – Os impostos que o MEI paga estão embutidos no seu boleto DAS mensal, sendo 5% do salário mínimo, acrescido de R$ 1,00 de ICMS e R$ 5,00 de ISS.

O Microempreendedor Individual fica isento dos tributos federais, como Imposto de Renda de Pessoa Jurídica, PIS, Cofins, IPI e CSLL.

  • ME – As contribuições e impostos são pagos de acordo com a faixa de faturamento da empresa. Além disso, no valor total está incluído outros impostos e contribuições, como CSLL, COFINS, PIS, PASEP, CPP, além de ISS, ICMS, IRPJ e IPI.

Pequena Empresa

Nesta categoria, existem ainda mais exigências e uma documentação específica para tirar CNPJ.

A Pequena Empresa é livre para constituir sociedade, devendo faturar anualmente um valor bruto entre R$ 360 mil e R$ 4,8 milhões de reais ao ano.

O processo de formalização da pequena e da microempresa é mais caro, mais demorado e tem algumas outras desvantagens no momento da formalização.

Um exemplo é que, parar tirar CNPJ, dependendo da categoria de empresa, são necessários documentos que o empreendedor terá que emitir em outros órgãos. Em resumo, são procedimentos mais burocráticos..

Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI)

A EIRELI, é uma empresa reconhecida como sociedade, porém composta por um único dono, ou seja, é individual. Logo, apenas uma pessoa é dona de todo o negócio.

A Empresa Individual de Responsabilidade Limitada, contudo, possui um alto valor de capital mínimo para ser aberta, sendo este equivalente a 100 vezes o salário mínimo atual.

Esse alto valor foi atualizado com o objetivo de diminuir os riscos de fraude por parte de empresários, visto que a EIRELI não afeta o patrimônio pessoal do dono, em caso de dívidas na empresa.

A EIRELI é uma opção de CNPJ que facilita ao empresário obter linhas de crédito, já que as instituições analisam o alto valor de capital social investido como garantia de empréstimos.

A EIRELI pode ser enquadrada em várias categorias diferentes, a depender do faturamento e quantidade de funcionários, logo ela pode ser:

  • Uma Microempresa (ME): composta por um ou mais sócios que fatura até R$ 360 mil ao ano e possui no máximo 20 funcionários;
  • Empresa de Pequeno Porte (EPP): até 100 funcionários e com faturamento anual entre R$ 360 mil e R$ 4,8 milhões;
  • Empresa de médio porte: máximo de 499 empregados e faturamento anual entre R$ 4,8 milhões e R$ 300 milhões.

Não existe limite de faturamento para uma empresa EIRELI, contudo, caso ela ultrapasse os R$ 3,6 milhões anuais, outro regime de tributação deve ser escolhido.

Uma das grandes vantagens da modalidade é que ela pode aderir ao regime do Simples Nacional.

Sociedade Empresária Limitada

A Sociedade Ltda é um tipo de associação onde suas normas são constituídas a partir do valor investido por cada associado, ou seja, é um CNPJ composto por sócios que investem capital social na organização.

Neste tipo de sociedade, que pode ser composta por dois ou mais sócios, eles podem investir ou não o mesmo valor na empresa. A porcentagem que cada um possui da empresa é proporcional à quantidade de capital investido.

O objetivo disso é proteger o patrimônio de cada associado, principalmente em situações de falência, afastamento ou rompimento da parceria da empresa. Para tanto, todos os acordos financeiros administrativos são decididos em forma de um contrato social.

Os sócios não precisam exercer as mesmas funções e atividades no negócio e o valor investido não possui quantidade mínima.

Logo, o sócio investe o quanto quiser e a sua responsabilidade na empresa é proporcional a isso.

Não existe nenhum limite mínimo ou máximo de capital para formar uma Sociedade Ltda.

Sociedade Simples (SS)

A Sociedade Simples ou SS, é composta por duas ou mais pessoas, responsáveis por formar uma parceria de prestação de serviços, no qual eles exercem os mesmos tipos de atividades. É comum surgir SS a partir de parceria entre médicos, advogados, contadores, entre outras profissões.

A SS é o único tipo de sociedade que permite a associação de uma pessoa a partir de contribuições em forma de serviços, ou seja, o primeiro sócio pode ingressar investindo capital e o segundo sócio pode entrar apenas com a prestação de serviço.

Os societários de uma SS podem ser dos seguintes tipos:

  • Sociedade simples;
  • Sociedade Limitada;
  • Sociedade em Comandita simples;
  • Cooperativa;
  • Sociedade em nome coletivo.

Sociedade Anônima (S.A.)

A Sociedade Anônima corresponde à um CNPJ e, como o próprio nome já diz, em forma de sociedade, porém é dividida por ações.

Neste tipo de sociedade, os societários e acionistas possuem uma responsabilidade limitada sobre o negócio, sendo ela variável de acordo com o preço das ações que cada um possui.

Uma característica importante da S.A. é que patrimônio pessoal dos acionistas não é relacionada ou misturado com o da empresa.

A Sociedade Anônima é uma empresa que possui grande investimento inicial e tem como objetivo alcançar altos patamares de crescimento, por isso busca recursos financeiros a partir da disponibilização de ações.

A S.A. é dividida em empresas de capital fechado e empresas de capital aberto:

Sociedade Anônima de capital fechado – Não são negociadas ações e, caso a empresa queira buscar investimentos, os mesmo devem vir de forma privada.

Sociedade Anônima de capital aberto – Aqui é permitido negociar ações, como na bolsa de valores, por exemplo.

Agora que você entendeu um poucos mais sobre os tipos de empresas que podem ser abertas no Brasil, avalie cada uma delas e veja qual o melhor CNPJ para você!

Estamos aqui para ajudar você em sua jornada como MEI. Seja para falar sobre finanças ou resolver questões relacionadas ao CNPJ, você pode contar com atendimento e suporte de qualidade de nossa equipe.

melhor CNPJ

Já conhece a MEI Fácil?

Se você ainda não tem sua conta MEI Fácil, que tal abrir uma e aproveitar todos os benefícios que ela tem a oferecer?

Com a nossa conta você tem acesso a todos os serviços dos bancos tradicionais, mas de forma digital e sem qualquer custo nas transações diárias.

Você pode pedir a sua Maquininha de cartão, o cartão de crédito MEI Fácil e gerar boletos de cobrança, essenciais para o sucesso de uma MEI.

E mais: com a conta MEI Fácil é possível pagar fornecedores, receber de clientes e realizar transferências, tudo em um só lugar.

Para facilitar ainda mais a organização financeira da sua empresa, com a conta MEI Fácil você também tem maior controle sobre os seus gastos por meio da emissão de extratos e do registro do dinheiro que sai diretamente no aplicativo, o que evita surpresas no fim do mês.

Não perca tempo, abra a sua conta MEI Fácil agora mesmo! É só clicar aqui.

Inscreva-se na TV MEI Fácil e acompanhe as redes sociais para não perder nenhuma novidade: Instagram e Facebook.