O microcrédito é um recurso financeiro destinado para quem quer abrir ou já possui um micro ou pequeno empreendimento. É importante saber que existe microcrédito de todos os tipos, com valores, número de parcelas e taxas de juros muito variáveis! E antes de solicitar, o MEI deve fazer uma consulta e analisar qual banco vai atender melhor às suas necessidades.

Precisa de um crédito, mas não sabe muito bem por onde começar? Preparamos esse texto pra você.

1) Qual o valor que posso emprestar?

– É bem variável, pode iniciar com R$100 e chegar até R$15.000;

– Geralmente são concedidos valores menores para investimentos na operação – compra de mercadoria –  e maiores para investimentos com infraestrutura – compra de maquinários e reformas.

– O valor também pode variar se é o primeiro empréstimo que está sendo adquirido com aquele banco ou instituição. Pois, após pagar o primeiro empréstimo, você cria uma relação de confiança com a instituição conseguindo acessar valores maiores no futuro.

– A maioria dos bancos exigem que o MEI tenha conta no banco, e em grande parte é feita uma consulta dos movimentos bancários e análise de crédito.

2) Quais são as melhores organizações para microcrédito?

– Para não ter dor de cabeça, você pode procurar as instituições financeiras regularizadas pelo Banco Central, que podem ser bancos privados, bancos públicos, organizações sociais ou cooperativas de microcrédito.

– Muitas vezes os bancos públicos possuem as menores taxas de juros e condições de pagamentos para o micro e pequeno empreendedores com faturamento de até 120 mil reais, pois, são subsidiados pelo Governo Federal por meio do Programa Nacional de Microcrédito intitulado Crescer.

– Além dos bancos públicos, algumas organizações sociais e cooperativas de microcrédito também são filiadas a este Programa. Para saber mais sobre as organizações filiadas, acesse o Portal do Ministério do trabalho.

3) Quais são as condições oferecidas pelos principais bancos do mercado?

Acessamos os sites de cada um dos bancos e resumimos aqui as informações encontradas. Para saber mais será necessário entrar em contato com o banco.

Microcrédito Itaú

Atualmente esse serviço está disponível nas regiões da Grande São Paulo e Grande.  Não é necessário ter conta no banco, entretanto é necessário ter pelo menos 6 meses de atividade.

A taxa de juros 3,99% ao mês, e TAC (Tarifa de Abertura Crédito) equivalente à 3% do valor contratado. O valor financiado ao pequeno empreendedor varia conforme a necessidade do cliente. O crédito mínimo é de R$ 400,00, podendo chegar ao valor máximo de R$ 14.500,00.

O empreendedor deve solicitar a visita de um agente do banco para avaliação do microcrédito.

Não contém informações sobre análise de crédito.


Microcrédito Banco do Brasil

Disponível no país, e necessário ter conta no banco, apresentar garantia pessoal de terceiros (fiador), não pode ter divida superior a R$40 mil no Sistema Financeiro Nacional (exceto operações de crédito habitacional).

A taxa é de 3%. O valor financiado é concedido de acordo com a necessidade do negócio. É necessário a visita de um agente e o banco faz análise cadastral e de crédito.


Microcrédito Bradesco

Não contém informações se o serviço é aplicado em todo o Brasil, mas basicamente o microempreendedor deve enviar uma solicitação e uma agência será indicada para uma conversa com o gerente. Será realizada uma consulta de crédito. Caso deseje fazer uma solicitação e saber mais informações como taxas e quantidade de parcelas acesse o site.


Microcrédito Santander

Para solicitar o microcrédito é necessário ser correntista. As taxas de juros para o microcrédito vão de 2,4% a 4% e a aprovação está sujeita a análise de crédito. De acordo com informações do site oficial, atualmente o serviço está disponível em São Paulo, Rio de Janeiro em alguns estados do Nordeste e é necessário um aval solidário (autorização) em grupo formado pela união de 3 ou 4 empreendedores para assumirem, solidariamente, a responsabilidade pelo pagamento das parcelas.


Microcrédito Caixa Econômica Federal

Para solicitar microcrédito com o banco é necessário ter conta no banco. As taxas de juros são de 3,3% ao mês e Taxa de Abertura de Crédito (TAC) de 3% sobre o valor do contrato. A aprovação está sujeita a análise de crédito e capacidade de pagamento do empreendimento, e pode haver a necessidade de um fiador.


#ficaadica: para comprovar os rendimentos do seu MEI é indispensável que você esteja em dia com as declarações obrigatórias do seu MEI. Muitos bancos irão exigir esse tipo de comprovação.

Dúvidas ou sugestões? Deixe seu comentário. Esse espaço é para você Microempreendedor